.

.
.

MEUS SEGUIDORES

quarta-feira, 26 de setembro de 2007


Estranhos nas ruas,
Mas não nos lençóis,
E cada um na sua solidão, procura o outro entre as cobertas,
E só encontram ausências vestidas de silêncios,
Só encontram as mãos da saudade desnudas na cama,
E não encontram o outro estranho.

Estranhos alheios... perdidos... sozinhos...
Se buscam, em sonhos,
Se perdem, nas curvas,
Se querem, mas não dizem.

Estranhos de caminhos,
Mas não de olhares,
Pois no calor do silêncio,
as almas se entendem...
e naquela lembrança escondida,
os corpos se buscam.

Estranhos no espelho,
Depois de uma noite,
mas em nenhuma manhã,

Estranhos de vidas,
Mas não de desejos,
Aliás, estranhos desejos estes de alma,
que tiram o sono....
invadem o escuro do peito...
e lembram o que não passou.

Estranhos desertos de corpos,
Onde na sede alheia, implora-se um único beijo,
que aconteceu apenas em meus poemas.

Estranhos amores estes de meus versos,
E o nosso é um deles!

CARINE DA PIEVE.
Porto Alegrs,RS
01/09/2007"

Nenhum comentário:

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK