.

.
.

MEUS SEGUIDORES

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

ARTISTA JÁ NASCE ARTISTA


MÚSICA NO AR...


Entre sonhos, fantasias, utopias e realidade
Você chegou...
Enfeita minha vida com seu amor
Com seu sorriso
Com sua música...
Você é meu
Mas é do mundo; eu sei...
Como um pássaro feliz, sua melodia surge
O ar...
A vida...
As flores sorriam...
Ele está aqui!
Amando
Sonhando
Escrevendo música
Tocando música...
Seus dedinhos finos deslizam
num enorme Violoncello
e nas teclas de um Piano...
A música está no ar...
Meu filho
Minha vida...
Cheguei e entrei naquela sala que transpirava
Sonhos
Fantasias...
E você todo orgulhoso com seus olhos brilhando dizia:
Mãe! Sou eu...
Teu filho!
Ouça a música
Estou aqui!!!
Realizando os meus sonhos
E junto os seus...
São eles mãe
Tuas Poesias
Os teus girassóis...
E a minha música
é a minha vida...
Veja mãe como estou feliz!
Veja como somos felizes juntos
Música e Poesias..
Somos sim,
Dois em um!
Somos mensageiros do amor
Da sensiblilidade
fazendo com que o mundo
Seja um pouquinho melhor...
Teus girassois coloridos se guiando a luz do sol
Junto com a minha música
realizando sonhos...

BUSCA...

Em meus pensamentos
Vago por caminhos desconhecidos
Na esperança de encontrar
A cura para as minhas buscas...
Perdida entre a multidão
Procuro o caminho certo
mas entre certo e o errado
Vejo e encontro
Apenas o incerto...
Surgem entre rostos
o rosto do meus desgostos
e entre a multidão
encontro apenas eu!
Vagando...
Sorrindo...
sonhando...
procurando...
Encontrando e perdendo
Sonhando e aprendendo
Que o caminho é meu...
Somente meu...


Minha Autoria

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Obra de JACYRA ENGERS PERIM (Retrato sobre óleo)


SOLUÇÕES

Farfalham folhas secas, outonais.
Um lúbrico desejo me alucina.
Agito-me confuso e em cada esquina
convenço-me de que aparecerás.

As horas se sucedem, tu não vens.
As emoções explodem no vazio,
ratificando o amor que me sustém,
enchendo-me de ânsias e de frio.

A crença que impuseste à minha espera
materializa a fé em ter-te um dia,
sob o comando azul das sensações.
Entregue à monolítica quimera,
transformo o meu o instinto em rebeldia,
até que encontre a luz das soluções.


Autoria:
Antonio Kleber



A PRIMEIRA VEZ


Composição: Elton Saldanha"


A primeira vez que eu vi você meu grande amor
Não quis acreditar e mesmo assim aconteceu
A primeira vez que eu vi você
O vento pela rua assoviava o chamamé
A primeira vez que eu vi você
Senti no seu olhar a luz do entardecer
Aprendi a sonhar antes de adormecer
E a vida foi chegando de uma vez

E o amor se fez
Quem me dera ter você mais uma vez
E o amor se fez
Essas coisas só acontecem uma vez
Pois quando o amor se vai
A gente não esquece mais

Nasce nos olhos vem um suspiro
Um bem-me-quer se desfolhou
Vai batendo coração
Porque encontrei meu grande amor
Marquei o dia, marquei a hora
No calendário que o amor fez
A estação da paixão
A minha primeira vez"
Fotografia:
Gianna Steffens Bortoluzzi
Santa Maria,RS

segunda-feira, 29 de outubro de 2007


"Minha solidão te procura entre os lençóis
E só encontra passado junto com a tarde de hoje
No espelho as marcas... do tempo... na pele
No silêncio do agora, as lembranças que deitam comigo no escuro
Antes, os corpos vestidos, os desejos desnudos
Vidas sobrepostas numa cama qualquer
E na confusão da carne, as almas ainda se entendem
E o gosto amargo de uma saudade,
Transforma estranhos em antigos amantes,
E do último suspiro, voltam os desconhecidos
Como da primeira vez,
Como a cinco minutos atrás
Vontades se disfarçam em toques...
De mãos, de pés, de lábios que se procuram na imensidão dos vestígios
E que agora seguem caminhos,
Mas daqui a pouco serão solidões
A ausência dos anos agora é inércia, sob o colchão
Doces sonhos despojados,
E que ao bater da porta, se liquefazem em nada
Tua vida funde-se na minha,
Como presente e passado, sem norte...
Como realidade e destino, vazios...
Como o amor que ressurgiu no peito
Como o agora, que no amanhã se perderá antes do fim da curva
Pois em cada nosso reencontro...
...só se vive uma nova despedida!"

Carine Da Pieve

Porto Alegre,RS

domingo, 28 de outubro de 2007


BEIJO ROUBADO

(Publicado no meu 2º Livro de Poesias "SENTIMENTOS" em 1998)


Beijo roubado
Com sabor de pecado
De ternura e emoção...
Um beijo gostoso
De alguém carinhoso
Que transpira paixão...
Um beijo ousado
Tão doce e desejado
Guardado no fundo de dois corações...
Que sonham com a vida
Com a Fé a a Esperança
Felizes iguais a duas crianças
Que enfim descobriram
O sentimento AMOR...


Fotografia:
Gianna Steffens Bortolluzi
Santa Maria,RS






Muitas vezes, as pessoas são egocêntricas,

ilógicas e insensatas.

Perdoe-as, assim mesmo.

Se você é gentil,

as pessoas podem acusá-lo de egoísta,interesseiro.

Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor,

terá alguns falsos amigos e inimigos verdadeiros.

Vença, assim mesmo.

Se você é honesto e franco,as pessoas podem enganá-lo.

Seja honesto e franco, assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz,as pessoas podem sentir inveja.

Seja feliz, assim mesmo.

O bem que você faz hoje,pode ser esquecido amanhã.

Faça o bem, assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você,

mas isso pode nunca ser o bastante.

Dê o melhor de você, assim mesmo.

Veja você que, no final das contas,

É ENTRE VOCÊ E DEUS.

(Madre Teresa de Calcutá)

quinta-feira, 25 de outubro de 2007



Querido Lucas!!!

Que alegria encontrar você e saber que não esqueceu da Tia Maura!

Um beijão!!!


Não ligo quando me olham da cabeça aos pés, pois nunca terão a minha cabeça e jamais chegarão aos meus pés. Quando tiveres a ousadia de falar de mim, cuida-te para que as tuas palavras sejam melhores que o meu silêncio. Se o meu silêncio não for suficiente, minhas palavras serão inúteis. Lembra-te que alto deve ser o valor das tuas ideias e não o volume da tua voz. Se as pessoas que falam mal de mim soubessem o que eu realmente penso delas, falariam um pouco melhor. Enquanto elas perdem tempo com isso, eu realizo os meus objetivos! Obrigado aqueles que me dão forças e que gostam de mim de verdade, sendo o que sou e não o que as pessoas querem que eu seja. Se falam mal de mim, simples inveja de demais por ver a pessoa feliz e isso ja é motivo pra falar mal e inventar um monte de coisa.Não ligo para o que estão falando de mim por aí, não ligo do que me chamam, se me xingam, o que eu sei é que eu sei dar valor muito ao que tenho, e tenho certeza que as pessoas que me conhecem de verdade, e me amam, sabem muito bem o que eu sou e quem sou.


Texto do orkut do meu afilhado

Odair José Kotowski

Rádio Sepé Tiarajú

Santo Ângelo,RS

Olá, Maura. Como vais?

Eis um soneto que terminei agora e te envio:


O CAOS A CADA DIA


Rendo-me ao tempo cru, brumas e visgos,

da vila,da favela, dos bolsões,

bairros da vida vil, áspera e rota,

repositório amargo de estupores!


Encosto-me à parede dos flagelos,

sinto a agressão dos tiros, dos assaltos,

das armas oficiais e dos bandidos,

alvo nu posto à mira da violência!


Assusto-me movido pelas regras

ditadas pela força dos delitos

nascidos na comuna em desespero!


A prática legal é assomo infausto,

diante das causas vivas dos conflitos,

edificando o caos a cada dia!


Desejo-te uma boa tarde!


Antonio Kleber

Teresópolis,RJ

quarta-feira, 24 de outubro de 2007



Meus lábio dizem que não

Meus olhos dizem te amo

Minha voz murmura teu nome

Sozinha e calada te chamo...

A noite parece tão fria

As horas demoram passar

Me rolo sozinha na cama

Não quero em você mais pensar...

O amor parecia perfeito

Você no meu mundo surgiu

Mas como magia e encanto

Você simplesmente sumiu...

Agora te peço não venhas

Melhor é deixar tudo assim

Quem sabe essa dor

Essa angustia

É apenas o início do fim...

domingo, 21 de outubro de 2007

Queridos(as) Amigos(as)!!!

Eu havia excluido meu orkut, mas senti muita falta das inúmeras mensagens e a saudades me fez voltar...
Por favor me adicionem novamente!!!

Como diz o Poeta Vinícius de Moraes:

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

Olá meu amigo Jornalista e Poeta: Rubens Jardim!


TODA MULHER É MIRAGEM


Toda mulher é uma viagem

ao desconhecido.

Igual poesia

avessa ao verso e à trucagem,

mulher é iniciação do dia,

promessa, surpresa, miragem.

De nada adiantam mapas, guias,

cenas ensaiadas ou pilhagens

.Controverso ser,

mulher é viade mão única,

abismo, moagem.

É também risco máximo,

magia,caminho íngreme na paisagem.

Simplificando: mulher é linguagem,

palavra nova, imagem que anistiao ser,

o vir-a-ser e outras bobagens


Rubens Jardim
Estou muito feliz por ser aceita na ""CONFRARIA DOS POETAS DEL MUNDO""
Aqui vai minha homenagem a você:


EXPROPRIAÇÃO


Quando eu era pequeno

e andava de mãos dadas com minha mãe

o mundo inteiro era minha casa.
Hoje, nem minha casaé minha casa.
Os anjos desapareceramdo espelho.

Da rua.

Da vila.

Eles não habitam maisnem as igrejas.
Antes o mundo era dádiva

acolhimento

oferenda.

Hoje estou fora de todas as coisas.

Sempre fora.

Sempre em face das coisas

em face do mundo

em face dos homens.

Sózinho diante de Deus.


Publicado por Rubens Jardim em 21/08/2007 às 12h38
Queridos(as) Amigos(as)!!!

Eu havia excluido meu orkut, mas senti muita falta das inúmeras mensagens e a saudades me fez voltar...
Por favor me adicionem novamente!!!
Como diz o Poeta:
Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
Vinícius de Moraes.

sábado, 20 de outubro de 2007






Querida Bia!


Foi muito bom conhecer você...


Você é linda!!!


És uma mulher de fibra


Batalhadora!


És uma mulher persistente


E de bem com a vida.


Que Deus ilumine seu caminho


E que realizes todos os teus sonhos...


Com meu carinho especial!


... e vamos tomar ACTIVIA da Danone!!!!!


maura


sexta-feira, 19 de outubro de 2007

LOUCA!!!!




Se sou louca?
Então:
Que bela louca que sou...
É loucura ser livre?
Feliz?
Ter a liberdade de sonhar?
No amor acreditar?
Então realmente sou louca...
E que bela louca que sou...
Quero continuar ser louca..
Uma louca com a coragem
De todas as loucuras realizar
Pra dizer que valeu a pena no amor acreditar
Senhor!
Permita que eu continue ser assim
Uma louca
Linda, louca e feliz...
Cheia de sonhos
De fantasias
E jamais ter medo
De todas as loucuras sonhadas realizar
Somente assim
Vai valer apena
Por essa vida
Um dia eu passar..


Meu abraço para:
Carine Muller
Caxias do Sul,RS
22h:35min
19/10/07

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Em 1 mês e 16 dias da estréia
neste momento meu Blog está recebendo a 332ª visita.
OBRIGADA!!!!
VOLTE SEMPRE!!!
Um beijão da Maura.



Na contramão dos teus beijos
eu me perco nas curvas,
naquelas que os teus olhos encontram os meus.
Nas vidas opostas, e em tantos silêncios
eu te procuro,
mas a solidão do meu corpo
encontra outro alguém,
amargo desencontro.
Minh´alma dividida
no fim da linha
vai pro lado errado.
Nestes lençóis do avesso,
eles tiram a esperança
destes sentimentos únicos que tenho,
deixando no escuro a música de minha vida.
Notas mal compostas numa partitura tortam
contam segredos... e erros...
ausentes no tempo,
sedentos de ti.
Na estrada dos dias vou indo de ré,
amando e perdendo,
não sabendo perder e seguindo,
na contramão, e até o fim...."



Carine Da Pieve



Sem querer...
Teu silêncio se perdeu em mim
e o teu olhar falou aquilo que os lábios não puderam.
Sem saber, eu quis...
que as palavras não ditas ressoassem ao pé-do-ouvido,
e que de um beijo escondido,
você fosse só meu.
E sem dizer, eu soube...
que a memória é traiçoeira,
deixando em pensamento o que você nem lembra mais.
E sem confessar, guardei...
as poesias rabiscadas, depois das folhas amassadas,
o nó na garganta, sem esperança,
a noite no passado e o beijo na lembrança.
Sem esquecer, segui...
com outras vidas, outras corpos,
te buscando, te querendo, te perdendo mais e mais.
Sem ter.... mesmo sem te ter...
... te amei!"


Carine Da Pieve

Porto Alegre,RS

quarta-feira, 17 de outubro de 2007




AS VEZES...

... sei que as vezes sou tão estranha
e sem querer a tristeza bate a minha porta...
Meus pensamentos ficam perdidos
e em silêncio procuro encontrar novamente
o ritmo para os meus passos...

Me atrapalho na caminhada
e por vezes sinto tão distante
o findar de tantas e tantas coisas que busco
no vazio do meu pensar...

Sei,
Que sonhos não são tudo
A Fé é que realmente vale
É estar confiante
E jamais desistir da busca...

Mas afinal?
O que é mesmo que eu busco?
Sonhos?
Fantasias?
Lutas?
Sim...
Também sou humana
e por vezes me sinto perdida
Nesta infindável busca
Do meu próprio conhecimento...

Hoje me sinto atordoada
E quero encontrar...
Procuro e quero achar...
Gritar...
Descansar...

Sou uma ave que voa...
Ave matreira?
Isso um amigo Poeta descreveu
Em um poema me dizendo...
És bela
És guerreira
És uma ave matreira...

Essa ave por vezes sente-se cansanda
Não sempre!
Por vezes...
As vezes...
Me deixe repousar
Descansar...

Abra seus braços e me acolha
Somente
Por alguns instantes...
Nem que seja
Uma vez apenas...

d

domingo, 14 de outubro de 2007

...E VOCÊ SE FOI


Quando te encontrei

A flor ficou mais colorida

As estrelas mais brilhantes

O amor em mim brotou

A tristeza ficou distante...

Foram tantos os momentos

Cheios de encanto e magia

Só não pude imaginar

O quanto você me magoaria...

Com tudo para ser feliz

Você de mim se afastou

Agora essa dor imensa

Em meu coração se alogou...

Meus olhos ficaram tristes

Me sorriso emudeceu

Até o brilho da lua

Comigo entristeceu...

Não quero mais que tu venhas

Eu não mereço sofrer

O tempo

A vida

O mundo

Me ajudarão te esquecer...
Autoria:

ABRAÇO...


Um abraço significa tudo...

Uma saudades

Um encontro

Uma chegada

Uma partida

Uma lembrança

Uma despedida...

Um abraço é uma saudação

De alegria

De comemoração

De vitória

De emoção...


Maura Theobald

QUEM MORRE?


Morre lentamente

Quem não viaja,

Quem não lê,

Quem não ouve música,

Quem não encontra graça em si mesmo

Morre lentamente

Quem destrói seu amor próprio,

Quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente...

Quem se transforma em escravo do hábito

Repetindo todos os dias os mesmos trajeto,

Quem não muda de marca,

Não se arrisca a vestir uma nova cor ou

Não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente...

Quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções,

Justamente as que resgatam o brilho dos Olhos e os corações aos tropeços.

Morre lentamente...

Quem não vira a mesa quando está infeliz

Com o seu trabalho, ou amor,

Quem não arrisca o certo pelo incerto

Para ir atrás de um sonho,

Quem não se permite,

pelo menos uma vez na vida,

Fugir dos conselhos sensatos...

Viva hoje !

Arrisque hoje !

Faça hoje !

Não se deixe morrer lentamente !


(Pablo Neruda)

sábado, 13 de outubro de 2007

Não magoe nem faça mal a ninguém
Não faça aos outros
O que não queres que façam a ti...

sexta-feira, 12 de outubro de 2007


A vida é apenas uma vela acesa
E nunca sabemos quando vai apagar...
Não deixe nada para amanhã
Lute pelos seus sonhos agora
Porque deixar pra depois
Pode ser tarde demais...
O vento chego
E essa linda vela acesa apagou...
Mas...
Apagou em partes
Porque apartir de agora
Virou uma estrela
Que brilhará lá no céu...



Homenagem a você Cristiano Buzanello!!!
(Morreu hoje, no Dia da Criança em um acidente...)
FELIZ DIA DA CRIANÇA !!!!!!

Sou Poeta
Sou Artista
Sou Secretária
Sou Professora
Sou Filha
Sou Mãe
Sou irmã
Também sou Patroa
Sou Alegre
As vezes sou triste
As vezes sou séria
Faço Rima
Faço Graça
Mas na maioria do tempo
Sou uma alegre
Uma verdadeira
PALHAÇA!!!!



Ano: 2000-Hora do Conto com alunos da E.E.Freitas Valle-Alegrete-RS


Saber Viver Não sei...

Se a vida é curta

Ou longa demais pra nós,

Mas sei que nada do que vivemos

Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:

Colo que acolhe,

Braço que envolve,

Palavra que conforta,

Silêncio que respeita,

Alegria que contagia,

Lágrima que corre,

Olhar que acaricia,

Desejo que sacia,

Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,

É o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela

Não seja nem curta, Nem longa demais,

Mas que seja intensa,

Verdadeira, pura...

Enquanto durar"

Roberto Carlos

quinta-feira, 11 de outubro de 2007




"Procure os seus caminhos,mas não magoe ninguém nessa procura.


Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!Não se acostume com o que não o faz feliz,revolte-se quando julgar necessário.


Alague seu coração de esperanças.


Se achar que precisa voltar, volte!Se perceber que precisa seguir, siga!


Se estiver tudo errado, comece novamente.


Se estiver tudo certo, continue.Se sentir saudades, mate-a.


Se perder um amor, não se perca!


O achar, segure-o!"




Fernando Pessoa

""FUGA""


Somos todos viajantes neste mundo
Uns mais sábios; outros menos tolos...
Procuramos vida em nossas vidas
E quando as encontramos
Temos medo de vivê-la...
Somos todos fugitivos dos nossos sentimentos
Passamos uma vida inteira tentando senti-los
E quando finalmente os sentimos
Dele, assustados nós fugimos...
Somos todos sonhadores dos nossos sonhos
Passamos uma vida tentando torná-los realidade
E quando finalmente
Ele bate a nossa porta
O medo torna-se rei
E a porta não abrimos...

Passamos uma vida procurando o amor
Ele, muito sábio
Brinca de esconde-esconde
Com os nossos pensamentos
E nós, como crianças assustadas
Nos perdemos entre os labirintos
dos nossos sentimentos...


Maura Theobald
24/06/2005

MINHA "RÔ"


Nem lembro mais a letra
mas essa era a música da nossa amizade
Da nossa mocidade...
Roberto e Erasmo Carlos!!

Você meu amigo de fé meu irmão camarada

//: Não preciso nem dizer
Tudo isso que eu lhe digo
Mas é muito bom saber
Que você é meu amigo...//



MAURA




Mistira de ingenuidade e ternura


Audaciosa, bem se vê


Uma mulher - um sorriso


Riso, sempre a distribuir


Aura de amor - nos transmite...




Maria Jussara Mendes

São Borga,RS

27/04/1998



Passei por essa vida

E fui feliz

Encontrei você e fui feliz...

Vivi
Sofri

Sofri e fui feliz...

Vi o sol nascer

A chuva cair

O fogo queimar

A flor desabrochar

O inverno chegar

E você me amar..

E... e fui feliz!
Voei...

Vaguei..

Sonhei...

Ploft!!!

Acordei...



Celito Medeiros

Amores, sempre vêm e vão
Uns até ficam, outros não!
Os que partem, nos faltam
Os que ficam, nos fartam!

Alguns amores nos machucam
Se presos em mal entendidos
São lembranças que cutucam
Dos elos que ficam perdidos

A dicotomia do ódio e amor
Confundida gera o lamento
Poderia até causar uma dor

Quem não desejar tormento
O coração é um controlador
Abra ou fecha neste momento

RECOMEÇO!!!
...Um dia é preciso parar
Parar de sonhar...
Fantasiar...
Esperar...
e quando tudo acabar
Ter novamente a coragem
De tudo recomeçar
E novos sonhos
Em realidade transformar...


Autora: Maura Theobald

quarta-feira, 10 de outubro de 2007


Preciso de você
nesse meu precisar de mim.
Preciso ser eu apenas,
precisando de você sem precisar.
Preciso de você assim,
nesse fim que não tem fim.
Tudo é apenas uma festa dos sentimentos,
preciso dos teus talentos
pra inspirar os meus.
Preciso que você se deite nessas palavras
e sem dizer nada,
apenas olhe no meu olhar.
Preciso te precisar
mesmo as vezes não precisando.
Preciso também não te precisar,
pois tenho medo
que você descubra esse segredo:
Estou te amando . . .

Homenino Poeta

Olá! Um poema para tua tarde:

IRRESIGNAÇÃO

Nu de esperança! Nu de fé! Desperto,
mais uma vez ao grito do menino,
rondando a base química do cérebro
para encontrar respostas à memória!

Lesões quase mortais devassam veias;
os meus princípios sangram nas calçadas;
atiram-me à sarjeta dos dejetos,
como se eu fora um merda ao desamparo!

Ratifico meus erros capitais,
não quero remissão por quaisquer deles,
meus pecados são meus, de mais ninguém!

Não aceito, no entanto, que me podem
o bem mais importante, a Liberdade,
fazendo-me de escravo ao fim da vida!

Participe da comunidade “Sonetos de Antonio Kleber“

Abraço!

terça-feira, 9 de outubro de 2007

PREFEITO ANTONIO!!!



A pessoa que acreditou
e me deu um voto de confiança!
Obrigada!
Obrigada!
Obrigada!


PORTAL DE ENTRADA DE GUARANI DAS MISSÕES
CAPITAL GAÚCHA DOS POLONESES!

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

COLÉGIO SÃO JOSÉ



Esta escola foi o começo de tudo em minha vida...
Se hoje sou o que sou, devo a esse Educandário.
Meu carinho muito especial a todos!!!

ANTONIO GONSIORKIEWICZ Prefeito Municipal de Guarani das Missões,RS



Existem pessoas esquecíveis e inesquecíveis em nossas vidas...
Você é inesquecível...
Se hoje estou aqui
Divulgando minhas Poesias
Também devo a ti...
Você,
Que um dia em mim acreditou
Confiou
E de mim não duvidou...
Lembra quando cheguei até você
Pedindo o seu apoio?
Você não titubeou
E em meus escritos
Um voto de confiaça
Depositou...
Querido Prefeito Antoninho
Isso eu nunca esquecerei
E pode ter certeza
Que em meus Poemas
Sempre te homenagearei...
Obrigada!

LEMBRANÇA

A emoção da lembrança pouco importa:
é resto, é cinza, é tempo remexido,
tantas vezes de fato não vivido,
que apenas nos ilude e não conforta!

Norte desencontrado, onde o sentido
revela-se exaurido e coisa morta,
aturdindo a memória e abrindo a porta
de fatos que se quer ver esquecidos!

Rumo incerto, procura indefinida,
sonhos vagos percorre o peregrino,
perdendo as horas caras do presente!

É sorte espúria a espera empedernida,
ilusão de veneno diamantino
de quem não terá mais o amor ausente!

ANTONIO KLEBER

QUEM SOU EU???


Uma menina
Uma mulher
Um tanto realidade
Um tanto utopia...

Sou sol
Sou chuva
Sou,
sou a tempestade
A mentira
O vento
A realidade...

Sou uma loba no cio
Em uma noite enluarada
उम palhaço
Uma fada
Uma mentira
Um sonho
Uma fantasia...

Eu sou simplestente
a MAURA POESIA...

domingo, 7 de outubro de 2007


Olá, Maura. Boa noite.

Um poema para a tua quinta-feira:

O TEU QUERER

Inspiras, sim, o vate misterioso,
garimpador da história mais sublime
que trazes no existir esplendoroso,
sob a fé milagrosa que redime.

Provoco-te, rebelde camponesa,
senhora da notícia alvissareira,
da coragem sem peias, da lhaneza
no tratar a amizade além-fronteira!

Mas no íntimo desejas meus carinhos,
meus beijos, minhas mãos e os meus abraços,
enfim, a liberdade do prazer!

No silêncio dos lábios, eu me alinho;
desentendido, às vezes, eu me faço,
porém sinto que é imenso o teu querer!

Abraço!

ANTONIO KLEBER
Poeta
Teresópolis - Brasil

BIO MILCHAREK



Querido Mano!!!
A inspiração chega no momento oportuno...
...E chegou!!!
Que posso falar de você?
Um ser humano extraordinário...
Um filho dedicado e um irmão incondicional...
Sei que posso contar sempre contigo, assim como cada um dos nossos irmãos.
Teu coração, sei; é grandioso!!!
Ranzinza, brincalhão, esperto, astuto, nervoso, um grande AMIGÃO!!!
Adoro quando vc me chama de Itek...
Quando nos encontramos sempre é uma festa, uma alegria...
O que vc tem de tamanho tem de sensibilidade...
Meu irmãozinho querido, meu companheirinho quando éramos crianças...
Um cuidava do outro...
Eu a Itek, vc o Bio...
Sempre fomos muito unidos:
Os Biesek da família e os dois a cara da Mama...
Se nos desentendemos é por pouco tempo...
O carinho e o amor que me une a vc meu irmão é indescritível...
Conte sempre comigo!
Que Jesus abenções tua Família...
Muito obrigada por estar sempre presente e cuidando da nossa Mãe!
Você é muito especial na minha vida e presente no meu coração!!!
Te amo muito!!!

LAURA WELTER


Querida Laurinha!!!
Hoje estou dedicando a vc uma pequena e sincera homenagem!!!
E dizer o quanto sou feliz por vc existir...
Como vc está LINDA!!!
Você me deu a chance de continuar aqui...
Você esperou mais um pouquinho pra nascer, quando o Dr Luiz lutava pra não deixar eu morrer...
Sua mãe... Você e o médico são ANJOS na minha vida...
Agradeço a Deus por estar aqui...
Fico emocionada quando olho para o teu sorriso e me sinto muito feliz...
Obrigada por ter me ajudado naqueles horas de tristeza e de dor...
Pode contar sempre comigo!!!
Desejo que todos seus sonhos se realizem...
Você é muito especial na minha vida!!!
Te adoro para sempre!!!

Beijos da Tia Maura.

LEIDIANE



""VOCÊ É MAIS UMA FLOR
QUE VEIO PARA ENFEITAR
O JARDIM DA MINHA VIDA...""

Querida Leidiane!
Estou esperando seu e-mail.
Beijão da Tua Mãe gaúcha!!!

sábado, 6 de outubro de 2007


Devia ter amado mais,
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais e até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer
Queria ter aceitado as pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar

Devia ter complicado menos,
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
com problemas pequenos
Ter morrido de amor
Queria ter aceitado a vida como ela é
A cada um cabe alegrias e a tristeza que vier

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar




Música: Epitáfio dos Titãs

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

MINHA MÃE

MINHA MÃE
Maria Biesek Milcharek

MEU PAI

MEU PAI
Wladislau Milcharek

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

AVÓ MATERNA

AVÓ MATERNA
Genovefa Novakowski Biesek

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK