.

.
.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Tua Prisioneira...


Abrace-me, beije-me
Sinta aqui o meu amor!
Pe pegue no colo
Me sinta por inteira
Me faz tua escrava
Escrava do amor!
Não vá mais embora
Fique aqui comigo
Não ter você é um castigo
È triste
É desesperador...
Não me solte dos seus braços
Me tenha por inteira
Quero ser sua prisioneira
Prisioneira do teu amor...

A chuva e eu...



... a chuva cai
Mansa e tranqüila
Parece trazer você
De volta pra mim!


terça-feira, 27 de maio de 2008

MEUS FANTASMAS


A noite chega e mais uma vez
Sinto você chegar...
Não sei de onde vem
Só sei que fico calada
Sentindo o teu amor...
Teu calor me envolve
E eu rezo pra não acordar...
Você me ama
E eu te sinto
Todo meu!
Sei que são apenas os meus fantasmas
Mas cada vez
Vale por uma vida...

UTOPIA


... teus olhos brilham
e eu não contigo te ver
Ouço tua voz ao longe
e tua vida invade dentro de mim
Te Busco
Te Procuro
Mas...não te tenho
Te sinto
Mas não te quero!

segunda-feira, 26 de maio de 2008

BUSCANDO POR VOCÊ...


... e mais uma vez acordei
a procura de você...
Vi o sol entrar pela janela
Senti o perfume do orvalho
E meu coração mais uma vez
Pelos quatro cantos do meu quarto
Procura por você...
Tudo parece tão vazio
E em passos lentos
Busco por ti...
Mas, continuo só...

quinta-feira, 15 de maio de 2008

O Mundo Me Roubou Você!


... quem sabe um dia te encontrarei nesses caminhos da vida!
Será que ainda lembrarás de mim?
Momentos vividos transformaram-se em saudades...
Saudades de uma vida que vivemos e que passou...
Será que lembrarás de quanto te amei e que
teu sorriso continua aqui...
Sinto tanta falta do teu carinho
Teu afago
Tua ternura...
O mundo me traiu e me roubou você ...
Escrevo e desabafo essa dor
Que por vezes teima em voltar
Sei que passou e que tudo acabou...
Mas que posso fazer se não consigo
Arrancá-lo de mim...

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Preciso do seu amor...


Tento fugir do seu amor
Mas sinto que sem ele
Eu não consigo viver...
Lamento meus lamentos
E no turbilhão dos meus pensamentos
Te encontro em cada desencontro...
Porque teimo em te querer?
Quanto mais fujo
Mas me aproximo de ti...
Queria não mais te amar
Mas nos meus descaminhos
É somente no teu caminho
Que eu consigo me encontrar...

Maura Theobald
14/05/2008

quinta-feira, 8 de maio de 2008

O tempo e eu...


Tempo... testemunha meu!
Entre amores e desamores você me acompanha
Me ensina sempre
Como recomeçar...
Confio em ti
Luto com você ao meu lado
Tua força e tua luz
Me acompanham no meu caminhar
A cada amanhecer estás presente
No orvalho da flor
No doce abraço do vento...
Tempo!
Meu amigo verdadeiro
Que nunca me trai...
És o meu escudo
E companheiro das minhas lutas
Sempre parceiro das minhas vitórias!
O espelho me mostra o quanto
Você me ama e me cuida...
Cada marca do meu rosto
mostra o quanto sou feliz e linda
E o quanto tu és MEU!

Maura theobald
13/05/2008

quarta-feira, 7 de maio de 2008

AMAR POR INTEIRO


Sou um triste peregrino
Que ama por inteiro
Que ama duplamente...
Dois amores
Dois corações...
Poeta não tem dono
Poeta é do mundo
Poeta é feito de sonhos,
sensibilidade
e ilusões...
Não diga que um Poeta
Ama somente você
Mentira!!!
Poeta ama por inteiro
Ama duplamente
Sem medida...
Se doa por inteiro
Ama...
Simplesmente ama...

POR VEZES

... e me pergunto:
Porque penso tanto em ti?
Fico a recordar e imaginar um dia
O nosso reencontro...
Será possível?
Outra vida talvez?
Será que saberei que é você?
A dúvida por vezes me consome
E fico a imaginar como seria lindo
Outra vez eu te encontrar...
Sonhos de um pobre Poeta
Que por vezes pensa
Que tudo o que imagina
Possa um dia ser real...
Sonhos...
E meras ilusões!


Maura Theobald

segunda-feira, 5 de maio de 2008


Mãe!
...os anos passam e você continua linda!
Seus encantos e sua formosura brilham...
Transpiram...
Seu sorriso é doce
Seu carinho angelical!
Mãe!
És bela, graciosa, és a rainha do lar.
Incansável
Preocupada
Não dorme enquanto eu não chegar
Dorme acordada
Sonha acordada...
seu amor é imparcial
Te amo e te homenageio no seu dia
O Dia das Mães!

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK