.

.
.

MEUS SEGUIDORES

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

NÃO DESISTA: LUTE E CONSEGUIRÁS...



A vida por vezes parece cruel
e entre idas e vindas
Ele está a nos iluminar...
Quisera saber porque aqui estou
E entre lágrias e sorrisos
Continuo lutando para ser feliz!
Não vale a pena ter medo
E pensar que nada é possível...
Tudo o que almejamos com Fé
Com certeza se realizará!
Alguém está sempre ao nosso lado
Seja firme e ouça sua voz interior
É seu Anjo da Guarda
Que está a te cuidar...
Se caiu...
Estás a sofrer e ninguém te estendeu a mão
Saiba que ele está aí ao teu lado
Te cuidando, Teus passos guiando
Lute e continue acreditando
Tudo irá melhorar!!

sábado, 27 de setembro de 2008

LOUCA!!!


Louca!
Ser louca!
Gostaria de saber o que é ser louca...
Será que sou louca?
O que ser louca?
Será que tem aí um louco que possa me responder?
Não!
Não precisa!
Eu sei o que é ser louca!
Sabem porque?
Porque sou dona de mim
Senhora de mim!
Sim, sou louca
e que bela louca que sou!
Quantas gostaria de ser assim como sou
Só que lhes falta coragem
Coragem de enfrentar a vida
Sonhar, viver e lutar!
Coragem de dizer NÃO!
E com suas próprias pernas caminhar...
Sim !
Sou louca...
Que louca maravilhosa que sou!
E assim quero continuar
Disso não quero nunca me curar
Louca!
Muito louca...
Louca por mim
E dos meus sonhos
Jamais desistir !!!

Amor na madrugada



Sinto ao léu você solitário
E entre buscas e encontros
Continuas aqui...
Por vezes foges de mim
E na madrugada cálida
Meu corpo vem aquecer!
Sinto sua presença
E com ardor
Fazes comigo amor...
Não sei por onde andas
Nem de onde vens...
Mas quando te desejo
Em meus braços te tenho
E em sonhos, fantasias e devaneios
Consigo mais uma vez sentir
Esse indescritível prazer....

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

A CHUVA E A SAUDADES



... e ela cai!

Fria...

Fina e transparente!

Tal qual lágrimas de quem está sofrendo...

Lá fora o vento balança os galhos floridos,

Na esperança de abraçar

Alguém que se foi!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Vai...


Como pétalas de flor

Meu amor contigo vai...

Não vou chorar

Muito menos me lamentar!

Você me disse adeus

Sem antes se importar

Se isso iria me magoar...

Meu coração sofreu...

Entristeceu

Mas não se acabou!!!

Vai !

Agora sou

Que não te quero mais...

O Teu Tempo já Foi...


Como a areia se perde no mar
O tempo que dediquei a ti acabou...
Hoje apenas consigo lembrar dos momentos
que deveria da minha memória deletar...
Mas é bom de tudo isso eu recordar
Porque somente assim
Eu consigo entender
Que você realmente nunca o meu amor mereceu...
Vai embora
E não volte mais!
O tempo está comigo
E você estando bem longe
Sei o quanto ficarei feliz e em Paz!

Não te quero mais!


.... e com o vento a folha se vai!
Assim tudo na natureza se renova...
Porque sofrer por um amor que não valeu?
Porque pensar que nada mais tem sentido?
Quem me dera fazer você entender
Que como as plantas nossa vida se renova...
Você pensa que é único e insubstituível!
Cretino!
Infantil!
Deixa de ser convencido
Hoje, não és mais nada pra mim!

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

AGORA VOCÊ É PASSADO!


O tempo passou

e com ele o amor se foi!

Te desejei...

Você não me quis

E agora vem dizendo que me quer

Que nunca me esqueceu

E que o seu amor ainda é meu...

Tolice!

É tarde demais...

Vá embora e não volte mais

Isso é passado

E o meu amor

A você não pertence mais...

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

MEU ANJO VOLTOU




Muitas luas se passaram
Muitas chuvas...
Sóis...
E com a primavera meu anjo voltou!
Parece triste...
Carente...
Sozinho!
Porque então tu demorou?
Sabes que aqui eu estava
Sozinha a te esperar!
Venha de mansinho
Venha me cuidar
Preciso das tuas asas
Para nelas me aconchegar...
Senti tua ausência
Achei que te perdi
Mas para minha alegria
Estas de novo aqui...

sábado, 6 de setembro de 2008

PROMESSAS EM VÃO...


E mais uma vez
Você vem me assombrar...
Queria tanto apagar as lembranças do passado
As Juras de amor
As Promessas em vão!
Uma vida foi vivida
E entre tantas lembranças
A tua imagem
Continua aqui; viva!
Não me importo mais com você
E nada do que sou te pertence
Queria apenas esquecer essa dor
Que continua me fazendo sofrer...

terça-feira, 2 de setembro de 2008

COMPUTADOR QUEBRADO


Hoje olhando para esse computador,
lembro, o quanto me trouxe amor,
so lamento que foi tudo virtual.
Aqui recordando, saudoso ainda relembro,
os últimos dias, foi no fim de dezembro
falamos pela última vez, naquele natal.

Onde andará Maura,minha Maura amorosa,
a mulher de seus vestidos cor de rosa,
que no fim daquele ano me abandonou.
Tristeza, ao lembrar que quebrei essa tela
desde então, nunca tive noticias dela,
computador quebrado, não mais falou.

Concertado, novo, de volta esta aqui,
queria que procurasse, quem nunca esquecí,
mas sera dificil, pela distancia onde mora.
Linda máquina, é um fruto da modernidade,
eu sei que não pode sentir saudade,
não consegue ver, o sentimento de quem chora.

Sei que e como um gelo ,que nunca derrete,
sei que sua alma e somente um nome, internet,
mas vou digitar uma pergunta,responda por favor.
Por onde anda essa mulher maravilhosa,
me fale sobre Maura, minha Maura amorosa,
preciso da resposta, sobre esse antigo amor.

Autoria:
GIL DE OLIVE

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

ME ABRACE MAIS UMA VEZ...


... não sei explicar
Porque o teu cheiro ficou em mim!
Teu carinho...
Teu abraço...
Teu sorriso!
Mil palavras ditas... sonhadas
E que no fundo
não valeram pra nada!
Você foge e tem medo de mim...
Seja corajoso e venha me amar!
Não tenha medo
Em sapo não vou te transformar!
Queria tanto te conhecer
Te beijar
e deixar mais uma vez
Você me abraçar...
Forças ocultas não existem!
E se existem estão distantes de nós...
Queria só te sentir
Mais uma vez...

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

MINHA MÃE

MINHA MÃE
Maria Biesek Milcharek

MEU PAI

MEU PAI
Wladislau Milcharek

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

AVÓ MATERNA

AVÓ MATERNA
Genovefa Novakowski Biesek

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK