.

.
.

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

PARECE QUE FOI ONTEM...



Estou tentando escrever mas não consigo
Gostaria de colocar rima
Mas não vem!
Meus dedos me traem
E a rima não sai...
Queria hoje no último dia do ano
Falar de tudo o que aconteceu
Mas parece que foi ontem
E pouca coisa aconteceu!
Queria falar do quanto foi bom
Das coisas que conquistei
Dos sonhos que realizei
Mas tudo parece que foi ontem!
O ano de 2008 voou
E meu sonho não acabou!
Manhãs, tardes , noites...
O sol nasceu
A lua apareceu
As estrelas brilharam
A chuva caiu
O ventos levou!
... e parece que foi ontem!
Tive que pintar o meu cabelo;
nem sei quantas vezes neste ano...
Corri contra o tempo
Se cheguei atrazada no trabalho até nem lembro
Porque parece que foi ontem!
Subi escadas
Desci degrau
Fiz caminhadas
Colhi flores
Conquistei amores...
Afinal de contas quantas maçãs mesmo eu comi?
Não sei; não contei...
Quantas vezes eu chorei?
Não sei... Não lembro!
Coisas tristes eu deleto
Eu esqueço...
Quantas vezes eu sorri?
Não sei ; não contei
Mas com certeza lembro de todas as vezes que gargalhei!
Que fiz graça
Que dancei
Que fiz farra e virei palhaça
E tirei de letra
Das vezes que me decepcionei...
Dias, meses e mais um ano se passou!
Mas parece que foi ontem!
E vejam que maravilha
Meu Poema enfim,
Rimou!!!

Feliz Ano Novo para todos nós!!!

sábado, 27 de dezembro de 2008

SEJA BEM VINDO ANO NOVO!!!!


Mais um ano...
Mais velha?
Que nada!
Estou VIVA!
Estou linda e feliz!
Vou renovar
Inovar
Inventar!
Como é maravilhoso aceitar-se!
Olho-me no espelho e vejo a felicidade!
Tristezas e amarguras passam...
Faça você assim também!
Aceite-se como és...
Veja e sinta a vida dentro da sua vida e viva-a!
Quem se ama não envelhece jamais e festeja cada ano que passa...
A idade não está na pele que envelhece
Nem nos cabelos que perdem a cor!
A idade está na alma
No sorriso
Na alegria!
Comemore a vida!
Estar viva é um presente Divino
A vida é agora!
Estar feliz é estar viva e festejar
mais um novo ano que o Criador está a nos presentear!
FELIZ ANO NOVO!

domingo, 21 de dezembro de 2008

PERCEVERANÇA


Às vezes deito na cama e ouço músicas da infância, e incrivelmente consigo lembrar-me da criança que eu era, e que criança feliz eu fui. Essa infância agora é uma lembrança tão distante, mas quando vem à tona é tão intensa quanto a própria realidade.
Existem sentimentos os quais nós ainda nem ao menos conseguimos dar nome, e o que isso tem a ver com a minha infância? Tem a ver com meu silencio. Eu observava e pensava sobre essas sensações desconhecidas e conseqüentemente os meus atos do cotidiano tinham o intuito de provocá-las.
E então surge uma compreensão! Tão nova e inominável quanto o sentimento que a gerou, assim, nasce a música, a nossa língua universal que vem do outro lado dessa realidade material, que fala mais do que todas as palavras desse mundo juntas, na verdade ela transcende a língua falada, de um jeito que ela fala ao corpo todo, à alma e ao além do homem.
Por isso nunca fui bom com palavras, tanto que na maioria das vezes falo por enigmas. Mas porque falar à toa quando existe essa outra língua que fala tudo o que a gente precisa ouvir?... é tudo muito simples, tão simples que hoje é chamado de utopia. E o homem por natureza complica tudo e tanto que eu até cheguei a pensar estar do lado errado da compreensão, mas não, é o mundo que está torto, e eu sozinho sigo observando, pensando e dessa vez falando, mas falando numa língua que poucos entendem.
E é juntamente com essas lembranças que penso em ti mãe, que me carregou na barriga pensando ser dois, que se eu for lhe dizer que dessa vida maravilhosa que me deste não tenho nenhuma má lembrança a não ser das vezes que te vi sofrendo, fazendo sacrifícios por mim e pela mana, tu que nunca mereceu sofrer.
Depoimento?... eu sou um depoimento vivo de ti. Eu sou a ascensão do teu pensamento e da tua boa vontade condensados numa mente presa a esse corpo, aguardando o grande momento.
E se algum dia não puder me entender, não pense que estou a te enganar ou a te trair, pois sou somente um pássaro que não vive dentro de uma gaiola.
Sinto por ti algo muito mais nobre que o amor, é mais um desses sentimentos sem nome, e que eu demonstro também de forma indefinida, muitas vezes em silêncio.
Mas é tudo sempre muito simples...

Passei até hoje sozinho com meus pensamentos
nunca desacreditei minhas capacidades na música, tanto q hoje ja escrevo musica orquestral de qualidade. vou trabalhar com trilhas sonoras e isso dá muito dinheiro!

Por isso q digo q não me conheçem, o meu silencio é pra não expor minhas idéias que são contrárias à maioria de todo mundo. a vida solitária tem um ponto bom: muito se reflete e evolui intelectualmente, porém, o lado ruim é que com pouquíssimas pessoas se conseguirá conversar e trocar conhecimentos após esse estado.

Por isso eu sou bom, porque me isolo e me concentro só no meu objetivo, o ruim é ter que ficar implorando coisas que não são capricho.

Mãe, eu li tanta coisa, eu estou num nível diferente de compreensão sobre tudo. é inaceitável a condição de considerar ou não uma pessoa pela
quantidade de dinheiro que ela possui. tente talvez pensar: quanto dinheiro essa pessao pode me render?...

Logo voce e o pai se aposentam, e os luxos que voce sempre quis?
acha q eu nao sonho em lhe dar uma casa...na praia talvez?
mas sendo operador de audio numa radio ou empacotador de mercado puxa saco de algum porco capitalista nunca vou conseguir isso, mal vou conseguir comer.
nao quero familia, do meu lado é improvavel que venham netos pra ti, eu só quero poder fazer musica em tempo integral
te dou todo dinheiro que quiser depois, não estou aqui pra ser só mais um, eu vou ser grande.

Entenda que pra mim a música tem mais graça que a própria vida, e do geito que me dedico ainda vou ganhar muito dinheiro.

Sua vida foi injustamente cruel em determinados pontos, mas ela te deu filhos, e nesse caso eu, não vim ao mundo para lhe sugar
eu vim transformar teu passado sofrido em vitória atraves de minha musica, por que por mim ja venci...ja sou um artista feito.
meu plano agora é deixar meu nome na história.
ja não disse ano ´passado que sou a ascenção do teu pensamento e vontade? esqueçeu?

Não posso ser um vencedor se não pela música, lamento. mas de uma forma ou outra a vitória é sua, pois voce me gerou, me criou e educou
e como já disse, por mim já sou um artista, desde criança. cada dia que passa sinto como se estivesse relembrando quem eu realmente sou..ou fui...
é uma sensação muito estranha.

Pois então, acredite em mim como eu mesmo acredito que o teu triunfo se dará atraves de mim e minha música. (21/04/2009)

DEPOIMENTO:
Thiago Theobald
(Acadêmico de Música Classica
Composição Musical)

Meu filho

LONGA ESPERA...


Faz tempo que não chego aqui
Quem sabe porque sei
que não vou te encontrar...
Meus dedos me traem
E quando me vejo
Cá estou novamente a te procurar...
Não vens...
E...
Somente me resta
Por ti esperar...

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Às vezes...!


Às vezes torna-se tão difícil escrever...
O coração explode
E as palavras não vêm
Queria tanto te falar
Porque tenho tanto pra dizer...
Mas...
A voz cala
A boca não fala
E meus dedos não conseguem escrever...
Fico em silencio!
Quem sabe assim
Tu irás compreender
O que realmente
Me coração sente
E não consegue te dizer...!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Sorria sorrindo!!!


Aprendi que sorrir rejuvenece a alma
e purifica o corpo!
Sorrir é saúde!!!
Sorrir te deixa mais bonita
Mas feliz!
Sorrindo os problemas vão embora
e se são difíceis mais facilidade terás em resolvê-los...
Sorria e tudo vai melhorar...
O sorriso eleva sua auto estima e as pessoas se aproximam de ti!
O sorriso aproxima, acalma e te deixa mais confiante!
Não tenha vergonha de sorrir!
Sorria de tudo e principalmente
Sorria pra você mesmo...
O sorriso te deixa feliz e muito mais radiante!!!
Sorria e te sentirás sempre linda!!!

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

APRENDI VOAR!


Hoje já não tenho mais pressa...
A vida me ensinou esperar!
Já corri
Caí
Sofri
Mil tropeços dei
.. e muito tombos levei...
Hoje caminho devagar
Sem pressa!
Sei esperar...
Aprendi silenciar na hora de falar
Aprendi parar na hora de caminhar!
Não tenho mais pressa
Sei que minhas asas me levarão
Onde minha imaginação quiser
Apredi esperar
E hoje consigo voar...

domingo, 7 de dezembro de 2008

A Vida é Um Constante Recomeço!


Mais um dia que se vai
Mais uma noite que vem...
Sonhos começam
Quando alguns dos nossos sonhos terminam...
Tudo nessa vida tem um início,
Um meio,
Um fim...
Nossos sonhos nunca acabam...
É preciso um fim
Para surgir um novo começo!
Não sofra pelo ontem...
Sonhe e batalhe pelo amanhã!
Sem nunca esquecer-se
de viver intensamente o hoje...
Tristezas vão,
Alegrias chegam...
Depois da lágrima o sorriso!
Estás triste?
Sofrendo?
Tenha paciência, tudo vai melhorar!
A vida é um constante recomeço
Não pare jamais de sonhar
Não se entregue!
A vida é maravilhosa!
Lembre sempre que:
Somente damos valor a felicidade
Quando conhecemos a dor
Do verdadeiro sofrimento!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

CIO...



Noite tão bela e tão minha
Noite dos namorados, dos amantes, dos apaixonados...
A noite chega e os lobos se procuram
Na busca ofegante do cio do prazer!
Me sinto nua como o céu sem lua
Cobrindo as estrelas com seu negro véu...
Quem me dera te encontrar e te amar
Entre o longo espaço dos descompassos dessa espera
Que demora tanto até mim chegar!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

QUERIDA JACYRA!


Pessoas como você são muito especiais
porque conhecem o significado da palavra: SENSIBILIDADE...
Obrigada por toda vez que visita meu Blog
Obrigada por ler meus Poemas...
Poemas que escrevo com amor, sentimento
e a nossa tão conhecida
Sensibilidade!
Que Deus te ilumine sempre
e não deixe de sorrir!
Seu sorriso é lindo e cheio de Luz!
Um beijão e volte sempre!

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

EU SOU ASSIM


Sou livre... sei voar!
Não queira minha vida comandar
Não farei você feliz
Se eu não me sentir feliz!
Jamais te amarei
Se eu mesma não me amar!
Não sou escrava de anseios alheios
Nem sua sonhada realização
Sou uma ave feliz e matreira
Que João Sampaio descreveu num poema
e transformou numa canção...
Sou a maura simplesmente
Alma, sorriso, poesia, amor e coração...!

Se me conquistas tens um tesouro
Se me magoas me perdes...
Já fui muito injustiçada... ferida... magoada!
Já fiz a vontade dos outros
Sem se importarem nos desejos meus...
A dor me ensinou gritar
Aprendi me defender
Conquistei o meu espaço
E hoje somente faço
Aquilo que é desejo MEU...!

ABRAÇA-ME!



Aperte minhas mãos
Aquece-as com o calor das suas...
Envolva-me em teus sonhos fazendo-me sonhar
Quero em seu mundo viajar
Sem importar-me com o amanhã...
Abrace-me com seus braços fortes
Quero sentir-me sua,
E assim contigo quero ficar...

Amor X Ciúme


Amor não se implora, não se pede não se espera.
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil.
Não torna ninguém fiel a você.

Artur da Távola

O Amor


O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos, cura doenças...
Não há vida decente sem o amor!
E é certo, quem ama, é muito amado
e vive a vida alegremente...

Artur da Távola

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008


"Quando o hoje
será para você
apenas uma lembrança,
tenha a certeza
que o meu coração será seu,
eternamente."

VOCÊ EM MEUS PENSAMENTOS...


Longe estás, mas sinto-te junto a mim...
Procuro-te na imensidão dos meus pensamentos...
Vejo-te em sonhos e entre meus devaneios
Entrego-me toda a ti...

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK