.

.
.

MEUS SEGUIDORES

sábado, 14 de fevereiro de 2009

AMOR... INGRATO AMOR!


Amor...
Falso e traiçoeiro!
Fogo que queima e enlouquece
Desarma e entorpece...
Machuca e faz sofrer!
Despedaça, escraviza, amordaça!
Nos faz prisioneiros de uma paixão...
Loucura e desejo!
Oh! Ingrato amor!
Com sabores e dissabores
Remédio que cura
E veneno que mata!
Amor que te faz livre
e ao mesmo tempo prisioneiro!
Mas afinal de contas:
Isso é mesmo AMOR?

2 comentários:

Úrsula Avner disse...

Querida Maura, bonitos versos sobre a paixão e suas faces. Obrigada pela carinhosa visita. Também gostei muito de ler o que você escreve. Bjs.

Doroni Hilgenberg disse...

Gostei de seu Blog..
Ah.. o amor, ela machuca sim, maas gente só fica sem ele em casos extremos. bjs

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

MINHA MÃE

MINHA MÃE
Maria Biesek Milcharek

MEU PAI

MEU PAI
Wladislau Milcharek

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

AVÓ MATERNA

AVÓ MATERNA
Genovefa Novakowski Biesek

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK