.

.
.

MEUS SEGUIDORES

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

OUTRA VEZ (Roberto Carlos)


Você foi!
O maior dos meus casos
De todos os abraços
O que eu nunca esqueci
Você foi!
Dos amores que eu tive
O mais complicado
E o mais simples prá mim...

Você foi!
O melhor dos meus erros
A mais estranha história
Que alguém já escreveu
E é por essas e outras
Que a minha saudade
Faz lembrar
De tudo outra vez...

Você foi!
A mentira sincera
Brincadeira mais séria
Que me aconteceu
Você foi!
O caso mais antigo
E o amor mais amigo
Que me apareceu...

Das lembranças
Que eu trago na vida
Você é a saudade
Que eu gosto de ter
Só assim!
Sinto você bem perto de mim
Outra vez...

Me esqueci!
De tentar te esquecer
Resolvi!
Te querer, por querer
Decidi te lembrar
Quantas vezes
Eu tenha vontade
Sem nada perder...

Ah!
Você foi!
Toda a felicidade
Você foi a maldade
Que só me fez bem
Você foi!
O melhor dos meus planos
E o maior dos enganos
Que eu pude fazer...

Das lembranças
Que eu trago na vida
Você é a saudade
Que eu gosto de ter
Só assim!
Sinto você bem perto de mim
Outra vez....

terça-feira, 29 de setembro de 2009

CITAÇÕES PARA NOSSAS VIDAS


Mesmo a mulher mais sincera esconde algum segredo no fundo do seu coração.

Emmanuel Kant

Acredito na existência de destino, em pequenos e grandes acontecimentos, porém acredito também em livre arbítrio, mas nada do que faço irá interfirir nos felicidades e tristezas que terei de viver.

Emmanuel Inácio


"...O teu trabalho é a oficina
Em que podes forjar a tua própria luz."

Emmanuel


Os amores que tive, a vontade que tenho,
todos me levam a uma única direção,
levantar a cabeça e seguir em frente,
por que não tenho como aprender senão com meus pr´prios erros.

Emmanuel Inácio

Não existem garantias. Sob a perspectiva do medo, nada é suficientemente seguro. Sob a perspectiva do amor, nada é necessário.

Emmanuel

Pensa em Deus, refugia-te em Deus, espera por Deus e confia em Deus, porquanto, ainda mesmo quando te suponhas a sós, em meio de tribulações incontáveis, Deus está conosco e com Deus venceremos.

Emmanuel

Poetas são poetas não por que escolhem mas por que têm de ser, se não fosse assim como seria como deveria ser.

Emmanuel Inácio

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

CUIDA DE MIM JESUS!


Meu coração explode de felicidade quando elevo meu pensamento a Ti Senhor!
Sou a Maura a aprendiz menina/mulher que precisa de Ti Senhor...
Como é maravilhoso poder agradecer tudo o que você me ensina através das angustias e do sofrimento...
Sou tão feliz e não desisto jamais, porque sei que não estou só e que Tu estás sempre aqui junto de mim!
Hoje minhas lágrimas são somente de felicidade, de alegria, de agradecimento...
Como é bom sentir essa leveza na alma e saber que estás aqui comigo!
Sei o quanto erro... mas saiba Senhor, que aprendo com cada erro que cometo...
Abrir a janela e ver o presente maravilhoso que a cada dia Tu nos dá, é pouco o muito que eu tenho a Te agradecer!
Obrigada pela Luz que ilumina a minha vida e por todos os anjos que colocas em meu caminho!
Em nome de Jesus Cristo muito obrigada Senhor!!!

domingo, 27 de setembro de 2009

DESABAFO...


Sabe, se existe algo que me magoa é ser magoada...
Procuro a cada dia ser melhor
Ser diferente
Fazer a diferença entre tantos desencantos que a vida nos apresenta,
mas parece que as pessoas que dizem nos amar,
sentem-se felizes em nos magoar...
Hoje, mais uma vez aconteceu isso comigo,
mas preferi permanecer calada...
Isolada...
Meu desabafo, meu grito de dor eu coloco aqui,
na tela no meu computador...
Desculpas?
De que valem desculpas se daqui a pouco
tudo se repete novamente?
E os anos passam, passam e tudo continua a mesma coisa...
Mudar?
Apenas promessas vãs...
Somente as estações do ano mudam...
Primavera, verão, outono e inverno!

sábado, 26 de setembro de 2009

DOCE REENCONTRO


... e sem querer o destino mais uma vez bate a minha porta
me trazendo você de volta...
Tantos anos se passaram...
Tantas coisas aconteceram...
Quantas voltas a terra deu em volta ao sol
e não nos esquecemos...
Acabou sem acabar...
Fui embora e você aqui ficou mas,
no meu coração sua presença permaneceu...
Naquela tarde não pude me conter
e na lista telefonica procurei por você!
Te encontrei,
liguei
e você atendeu...
Que bom saber que estás bem e não restaram magoas,
e sim lindas lembranças de um tempo que vivemos
intensamente...
Conte comigo..
Estou aqui!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Mulher Bandida


Letra de música nº 05

Toda vez que você diz adeus
eu sofro e penso que é o fim
Mas teu coração chora sofre
e mais uma vez volta para mim

Tudo acabou
Você gritou
me maltratou,se afastou
e agora novamente voltou...

Você é meu inferno e minha calma
Meu céu e minha alma


//: Bandida
Mulher safada e cretina
Me pisa, me esmaga, me leva pra cama
e em cada volta jura que muito me ama
dizendo que sou
o homem da sua vida ://

Não faça mais isso comigo
Não vá mais embora, não diz mais adeus
Ficar sem você é um castigo
Bandida, safada e cretina
tu és a mulher da minha vida
e sem você eu não sei viver

domingo, 20 de setembro de 2009

1ª Carta de Amor!


Oi amor!

Sei que ainda pensas em mim
e sei que sentes saudades também...
Quantas lembranças e como foram lindos
os momentos que juntos passamos,
e com um futuro até sonhamos...
Mas, como tudo nessa vida acaba,
nosso sonho também se acabou!
Fomos felizes por um curto mas,
longo tempo, que nem o próprio tempo
fará nós esquecer...
Você de mim se isolou,
mas sei que continuas aqui sem se manifestar...
Sinto que chegas para saber como estou,
se ainda estou...
e sei que não consegues me deletar...
Você me vê todo dia,
toda hora, o momento que quiser
mesmo acreditando que nada sei
saiba que sinto toda vez quando aqui estás,
como agora...
Oi amor!

És tudo para mim


Você pediu para eu te esquecer
Mas meu coração não sabe viver sem você...
Meu corpo chama por ti
E sem seu calor não consegue se aquecer...

Os dias e as noites passam
O relógio parece não andar
A vida está sem graça e sombria
E tudo a minha volta está sem ar...

Volte querida aos braços meus
Essa loucura ainda vai me matar
Me sinto sozinho nesse mundo imenso
Tu és meu céu,
Minha terra
e meu mar...

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

PALPITE Vanessa Rangel


PALPITE

Vanessa Rangel
Composição: Vanessa Rangel

Tô com saudade de você
Debaixo do meu cobertor
E te arrancar suspiros
Fazer amor
Tô com saudade de você
Na varanda em noite quente
E o arrepio frio
Que dá na gente
Truque do desejo
Guardo na boca
O gosto do beijo...
Eu sinto a falta de você
Me sinto só
E aí!
Será que você volta?
Tudo à minha volta
É triste
E aí!
O amor pode acontecer
De novo prá você
Palpite!...
Tô com saudade de você
Do nosso banho de chuva
Do calor na minha pele
Da língua tua
Tô com saudade de você
Censurando o meu vestido
As juras de amor
Ao pé do ouvido
Truque do desejo
Guardo na boca
O gosto do beijo...
Eu sinto a falta de você
Me sinto só
E aí!
Será que você volta?
Tudo à minha volta
É triste
E aí!
O amor pode acontecer
De novo prá você
Palpite!...
E aí!
Será que você volta?
Tudo à minha volta
É triste
E aí!
O amor pode acontecer
De novo prá você
Palpite!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Como te amo!


Como te amo!
Além céu...
Além mar...
Além estrelas...
Além luar...
Como te amo!
Se eu pudesse no branco das nuvens
poemas escrever
Meu amor por ti escreveria
para o mundo inteiro ler...
Como te amo!
E por te amar tanto assim
Vivo a escrever,
Poetisar,
E meu coração secretamente
por você continua bater
Além céu,estrelas e mar...

(Poesia escrita e publicada em 17/09/2009)

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

ESPELHO DA ALMA


Sorriso!
Espelho da alma...
Não sei ser triste
E quando triste fico
Não sou eu...
Quem sorri vive mais
Vive melhor!
O sorriso rejuvenesce
Acalenta e enriquece...
Sorria!
Sorria sempre...
e faça dos teus problemas uma peça de teatro,
pois somente assim verás
que para tudo existe solução
e os problemas se resolvem num passe de mágica!
O sorriso faz milagres...
Faz o ser humano ser mais forte e mais feliz!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

MENINA MULHER APRENDIZ


Os anos passam e as lembranças do passado
afloram em meu coração...
Não me sinto com a idade que tenho,
porque sinto viva a menina dentro de mim...
Sou alegre, persistente e procuro transformar a cada manhã
uma nova razão de continuar criança...moleca...levada, sonhadora e feliz!
Se ainda brinco de boneca?
Lógico que brinco e sinto falta das bonecas que se extraviaram
nesses caminhos da vida...
Se me comporto como uma adolescente?
Lógico que sim, apenas sei até onde chega meu limite...
Se erro?
... e como erro!
Mas a cada erro procuro aprender !
Se ainda me iludo?
... e como me iludo,
e por ser assim
muitas vezes sou enganada por meus próprios sentimentos
deixando com que pessoas mal intencionadas se aproveitem de mim!
Mas,
Sou muito feliz, guerreira, persistente e eternamente sonhadora!
Pois sou a Maura...
Uma eterna menina/mulher aprendiz!

terça-feira, 8 de setembro de 2009

DOIS - Paulo Ricardo


Composição: Paulo Ricardo & Michael Sullivan

Quando você disse nunca mais
Não ligue mais, melhor assim
Não era bem
O que eu queria ouvir
E me disse decidida
Saia da minha vida
Que aquilo era loucura
Era absurdo...

E mais uma vez você ligou
Dias depois, me procurou
Com a voz suave
Quase que formal
E disse que não era bem assim
Não necessariamente o fim
De uma coisa tão bonita
E casual...

De repente as coisas
Mudam de lugar
E quem perdeu pode ganhar
Teu silêncio preso
Na minha garganta
E o medo da verdade
Iêi!...

Eu sei que eu
Eu queria estar contigo
Mas sei que não
Sei que não é permitido
Talvez se nós
Se nós tivéssemos fugido
E ouvido a voz
Desse desconhecido
O Amor! O Amor! O Amor! O Amor!...

Essa voz que chega devagar
Prá perturbar, prá enlouquecer
Dizendo pr'eu pular
De olhos fechados
Oh! Oh!...

Essa voz que chega a debochar
Do meu pavor
Mas ao pular
Eu me vejo ganhar asas e voar
Oh!...

De repente as coisas
Mudam de lugar
E quem perdeu pode ganhar
Minha amiga, minha namorada
Quando é que eu posso
Te encontrar
Iêê! Iêê! Iêê!...

Eu sei que eu
Ah! eu queria estar contigo
Mas sei que não
Sei que não é permitido
Talvez se nós
Se nós tivéssemos fugido
E ouvido a voz
Desse desconhecido...

Eu sei que eu
Ah! eu queria estar contigo
Mas sei que não
Não, não, não, não
Não é permitido...

A porta continua aberta...


...e depois de tantos anos ouvi novamente sua voz!
Confesso que fiquei feliz...
Cenas de uma história passou pela minha mente
e todas as loucuras que juntos realizamos
voltaram a tona na minha emoção...
Um grande amor nunca se esquece,
apenas fica guardado na gaveta do nosso coração...
Tudo era proibido...
Sensurado...
Lembra da musica "Dois" de Paulo Ricardo?
Foi irresistivel não ligar para voce...
Foi lindo ouvir novamente sua voz...
Saber de você!
Nossa história estava guardada,
lacrada,
chaveada nas páginas do meu folhetim...
Sinto que a porta continua aberta
e quem sabe ainda,
espera por nós!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

TEMPOS DE MUDANÇA...


... a noite chega e com ela a inspiração!
Lembro quando a alguns anos atrás eu escrevia
minhas poesias em uma maquina portátil olivetti.
Quantas vezes peguei-a em meu colo e saia na varanda
para não fazer barulho com as teclas e assim não importunar o sono
do meu esposo...
Ele odiava me ver escrever...
Detestava me ver feliz escrevendo
e ainda mais na calada da noite...
Sempre minha sensibilidade foi mais forte que eu!
Hoje sou outra mulher,
estou renovada e não abro mão das coisas que amo
e que me dão prazer!
Hoje a tecnologia está a meu favor...
Não faço barulho e inventaram o fone de ouvido!
Bendita tecnologia!!!
Sou mais louca que antes...
Hoje uma louca assumida e que grita mais alto!
Hoje meu silencio deixou de ficar preso na garganta
e quem não está satisfeito
a porta está aberta:
Pode ir porque eu prefiro minhas Poesias!

TEMPO PARA VOLTAR A VOAR



Hoje me sinto como uma águia com a asa quebrada,
porque meu voo não é de passarinho pequeno e frágil...
Sou magnífica, perspicaz e corajosa como ela:
A águia!
Meu voo é alto, além das nuvens quase alcançando o azul dos céus!
Não sou de me queixar ou pensar que existem limites nos meus sonhos...
Não choro por tropeçar, por cair, por quebrar meu pé!
Apenas me sinto limitada a voar!
Mas meus pensamentos e meus sonhos continuam mais forte do que nunca!
Sou uma ave sem medo e sem fronteiras...
Nada para mim é impossível!
Porque lá do alto do penhasco eu sou gigante!
Apenas preciso esperar...
Apenas preciso confiar no tempo,
dando tempo ao tempo para meu ferimento curar
e eu mais uma vez com minhas asas voltar a voar!

(Hoje faz sete dias que estou com meu pé engessado...faltam mais
33 dias...)

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL


ME ORGULHO DE SER BRASILEIRA!!!!!

domingo, 6 de setembro de 2009

Sônia Schmorantz


Minhas angústias são como folhas voando,
Chorando ao desprender do ramo que amavam.
As folhas caíram depois da ventania,
Vento que foi cantando, distante,
Levantando a areia da praia
De águas frias, cantantes, coloridas...
Vento agreste levou as folhas para o mar.
Sem mais o ramo para ficar,
vaguearam, rolaram,
Perderam toda a seiva que as adoçava...
O vento sempre as levar,
sem rumo, sem magia
Levou também a brisa doce dos meus versos,
Fez-se outono em mim, tamanho o abandono
De uma alma desfolhada que após o vento
Também caiu...

Autoria:
Sônia Schmorantz

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Tudo é motivo para Poesia!


Subi correndo
desci cantando
Não vi o ultimo degrau
acabei chorando!
Desiquilibrei
Ploft!
Caí!
Meu pé quebrei!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Cuidado com a escada!.


Dizem que Deus proteje
os bebados e as crianças
Eu não havia bebido e Êle me protegeu
Porque criança não sou mais
e com o passar dos anos o meu corpo cresceu!
Que bom que emagreci
Assim a queda foi leve
e em camara lenta
aquele escadaria desci
Caí...
Quebrei apenas meu pé
e feliz estou aqui!

(2º dia com pé engessado)

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Ploft !


Tem coisas que acontecem em nossas vidas
que não dá para explicar,
Poderia ter mil coisas feito
E não ter subido aquela escada
Ter pegado outro caminho
Ou não ter saido de casa...
Os degrau subi,
Desci,
mas... no ultimo degrau:
Caí...
Sem proteção
Cai no chão
Da escada quase rolei
Mas apenas foi o meu pé que quebrei!

(Estou com meu pé esquerdo engessado)

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

MINHA MÃE

MINHA MÃE
Maria Biesek Milcharek

MEU PAI

MEU PAI
Wladislau Milcharek

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

AVÓ MATERNA

AVÓ MATERNA
Genovefa Novakowski Biesek

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK