.

.
.

domingo, 25 de outubro de 2009

Caindo é que se aprende...


Nasci em uma família pobre, estudei graças a bondade das freiras do Colégio São José, sofri preconceitos, mas tinha em mente a meta de VENCER!
Recordo minha infância pobre, mas muito feliz...
As vezes me perco entre a realidade e a utopia e escrevo para desabafar e assim me sinto leve...
Não guardo rancor de quem me magoa, se caio levanto e sigo a diante...
Se erro procuro aprender com meus inúmeros erros...
Pessoas que se aproveitam de minha bondade eu perdoo e deleto do meu pensamento...
Prefiro perder do que adquirir sem merecer...
Eu amo; não odeio e não me aproveito das pessoas...
Sei ser amiga fiel e sei guardar desabafos das pessoas que confiam em mim...
Sou otimista por opção, caso contrário seria um poço de amarguras...
De todas as vezes que caí e fui enganada aprendi...
Aprendi muito!

2 comentários:

Agulheta disse...

Olá querida!Bonito e tanta frontalidade,assim devemos ser perante a vida e nós próprios,nunca esquecer as nossas raíses,e se falhar levantar e ver os erros cometidos,adorei este teu ser.
Beijinho e tudo de bom.

Lisa

Graça Pereira disse...

Minha querida:
Tu tens todas as condições e qualidades para venceres na vida. Só aquele que fazem de cada dia, uma lição chegam longe!
Um beijo e uma semana cheia de sucessos.
Graça

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK