.

.
.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

PEDAÇOS I


Ninguém poderá oferecer aquilo que não possui, se o coração está vazio, se o sentimento está ausente, se o pensamento é veloz e ao pedido incomum se torna indiferente, não adianta estender a mão ao outro, pois serão dois caídos ao chão...


Assim é importante entender a si mesmo, gostar de si mesmo sentir a si mesmo e a principal condição aceitar a si mesmo.


A autoestima humana tornou-se discurso e modismo, porque é muito fácil 'determinar um efeito' sem desejar combater a causa em si próprio.


Lamentavelmente constatam-se os inúmeros eventos ocorridos construindo uma certeza virtual muito mais forte e profunda do que a realidade desencorajada de cada um que não se sabe mais olhar olhos nos olhos.

Ricardo Furriel

Nenhum comentário:

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK