.

.
.

MEUS SEGUIDORES

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Poetisando...


Tenho uma ânsia tão grande de escrever, até me perco entre letras, vírgulas e espaços procurando um motivo para não deixar a tristeza chegar até mim...
Tem quem prefere beber para esquecer a dor, eu ao contrário esqueço meus tormentos escrevendo...
Aqui eu viajo longe...
Levanto vôo para o mais alto que a minha imaginação consegue chegar...
Procuro não escrever coisas ruins que possam afetar a quem lê, mas procuro aqui colocar palavras, frases, rimas, versos que alegram outros corações...
Se estou triste me afasto...
Se estou feliz me aproximo!
Hoje sou mais reservada...
A vida me ensinou não mostrar minha alegria ao mundo, porque são raras as pessoas que gostam de te ver feliz...
Não deixo de sorrir nunca!!!
O sorriso me deixa em sintonia com Deus e atráves Dêle meus problemas se transformam em grãos de areia...

(maura theobald)

2 comentários:

Alma Inquieta disse...

Olá Maura,

eu também sou um pouquito como tu...
Às vezes, quando a tristeza me inavade... fico no silêncio..., embore tivesse havido momentos em que desabafei no blog sim...!

Estava muito infeliz e disse-o... e posso-te dizer que os comentarios que me deixaram me ajudaram muito...
Um desses momentoss está neste link, se tiveres curiosidade...

http://osestadosdealma.blogspot.com/2009/10/se-busca-hechicera.html

(a meio deste comentário fui procurar o link e reli o que escrevi e não pude evitar as lágrimas...)

Mas também grito aos quatro ventos, no blog, quando a felicidade não me cabe no peito... Quem não gostar..., não posso fazer... assim sou... transparente!

Ahh, outro momento que demonstra um sofrimento enorme por que passei está numa carta que escrevi em Novembro e o link é este...

http://osestadosdealma.blogspot.com/2009/11/regalo-de-navidad.html

(esta não vou reler, ainda me faz sofrer muito!)

Mas fico contente que mantenhas o sorriso no rosto, eu tento, embora nem sempre o consiga!

Um beijo e ânimo...

Sergio disse...

Hola Maura,

yo también intento que quien me lee no se quede triste, pero sucede a veces... y cuando mi mamá se morió yo no logré ocultar mi tristeza, pero le escrebi una carta no alegre, pero recordando los momentos muy felices que tuvimos...

Así es la vida...

Acá estan los amigos para animarte...

Mañana será un nuevo dia y el sol nacerá para te hacer feliz... piensa en eso...!

Te dejo saludos argentinos,

Sergio.

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

MINHA MÃE

MINHA MÃE
Maria Biesek Milcharek

MEU PAI

MEU PAI
Wladislau Milcharek

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

AVÓ MATERNA

AVÓ MATERNA
Genovefa Novakowski Biesek

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK