.

.
.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

EU AMAVA O MEU CÃO...



Tão pequenino e indefeso veio aos meus braços...
Protegi-o e criei com amor carinho e dedicação, era meu companheiro, meu amigo fiel, meu filho, meu cão.
Seu nome: Lobo!
Para os estranho uma fera; para mim dócil e carinhoso.
Não podia ouvir o barulho das crianças que iam e vinham da escola, seus pêlos se arrepiavam e com uma fera por duas vezes arrebentou as correntes que mantinham num vai e vem.
O que o mantinha isolado era uma espia de aço porque para os outros uma fera; para mim ternura, carinho, amor...
Eu ama meu cão!
Era enorme e assustador; para mim querido e acolhedor.
Brincava de longe com meus filhos e parece que disputava com eles o meu carinho a minha atenção...
Por várias vezes matou gatos da vizinhança e como trófeu os mostrava.
Eu ama meu cão!
Por muitos ele era odiado ao contrário de mim que era muito amado.
Que saudades do meu cão!
Pela fama de fera foi tirado de mim e levado para o interior dado para parentes de pécimo coração.
Foi tratado como fera e aprisionado num galpão sem carinho e sem compaixão...
Mais de um ano se passou e meu coração sentindo tanta saudades me levou até lá para vê-lo...
Até hoje me pergunto: Será que era ele que me chamava?
A dor foi enorme quando o meu Lobo eu reencontrei...
Senti medo...
Chorei...
Ele como louco pulava, uivava e acoava...
Era uma mistura de desespero com saudades...
Tiraram, arrancaram o Lobo de mim...
Tive medo de chegar perto, de tocá-lo...
Transformaram meu doce cãozinho numa fera!
Sofri em vê-lo abandonado e amarrado em um espaço mínimo...
Senti que ele sofria de saudades...
Semanas mais tarde a notícia:
Na mesma noite do nosso encontro ele se enforcou...
O dono da fazendo disse não entender como ele conseguiu tirar a própria vida...
O Lobo se matou...
Até hoje sofro e a lágrima desliza no meu rosto...
Nada fiz por ele...
Meu cão preferiu morrer do que estar longe da família que o criou...
Eu amava o meu cão...

(História real do meu cachorro Lobo que viveu apenas 04 anos e que tirou a própria vida.)

Maura Theobald

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

SUTILMENTE - Skank




                                                               E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe

Ah ahn

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce...
Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate não

Dentro de ti
Dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe enfim
Dentro de tudo que cabe em ti
Mesmo que o mundo acabe enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

domingo, 14 de agosto de 2011

Cabelos longos pra ti

O dia findou  e com ele a saudades de você...
Uma saudades tranquila, serena em forma de música
Fecho os olhos e sinto seu cheiro, ouço sua rizada e imagino o seu sorriso...
Sinto suas mãos acariciando meu rosto e brincando com os meus cabelos...
Por muitos anos não deixei minhas madeixas crescer...
Hoje meus cabelos estão compridos e em homenagem a ti deixarei eles ficar ainda mais longos
do geito que tu tanto gostava...
Por muitos anos não senti vontade de deixá-los alongar-se, mas agora mais loiros, mais brilhantes do geito que você tanto amava...
Faço isso por amor a ti...
Faço isso por sentir tanta saudades de ti...
Faço isso em homenagem a ti
Meu querido e amado PAI !

In Memoriam       

 Wadislau Milcharek
     * 03/09/1935
     +30/08/1980

Maura Theobald


quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Saudades da menina que continua dentro de mim...

Queria apenas voar...
Voar para bem longe e lá encontrar a menina que está dentro de mim.
Queria viver como meus pensamentos e deixar de ser gente grande...
Queria colher flores
Brincar com as borboletas
Andar descalça e rolar na grama
Queria brincar de boneca, de casinha e esquecer que um dia eu cresci...
Queria de volta o colinho do meu pai
A alegria das colegas de colégio
De me embalar nos balanços da Praça Caramuru...
Como sinto saudades das freiras do Colégio São José e das vezes que fui mandada para a secretaria porque eu adorava dançar valsa com a Rosalba nos corredores da escola...
Meu Deus que saudades das cabines telefonicas que tínhamos que pedir para a telefonista discar o numero desejado
Que saudades da primeira paixão, do primeiro namorado..
Quantas coisas simples fazíamos e éramos tão felizes...
Lembro do domingo que fui em uma reunião dançante do Salão Paroquial e lá dancei pela primeira vez...
Que saudades...
Muita saudades de tudo o que vivi...
Mas a gente cresce tão rápido e hoje eu queria apenas voltar a ser aquela nenininha de cabelos loiros e longos que a vida transformou em gente grande cheia de preocupações, responsabilidades e inseguranças.
Queria colinho, aconchego e brincar de ciranda...
Mas aqui dentro de mim eu faço tudo isso e por isso sou uma mulher feliz!!!

Maura Theobald

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

PORQUE???

Hoje o dia amanheceu quase sem brilho
O céu ficou escuro
As flores vi em preto e branco
Meu sorriso se apagou...
Problemas e mais problemas surgiram do nada
Corri atrás do tempo e não consegui alcançar
A rua estava úmida
As calçadas lisa de barro
As nuvens pareciam querer me devorar
Fitei o firmamento
Vi nada!
Vi somente um abismo com vontade de me levar
Tudo parece estar por um fio
O mundo parece querer me devorar
Qu foi que aconteceu?
Quem sou eu?
Que devo fazer para o brilho da luz voltar?
Caminho em passos lentos
Meu pensamento parece estar em camera lenta
Se vou suportar?
Não tenho dúvida alguma
Deixe agora eu gritar:
SOU LUZ!
SOU FELIZ E NADA VAI ME DERRUBAR!!!

Maura Theobald

domingo, 7 de agosto de 2011

DESPEÇO-ME


Despeço-me com ternura, Com candura e com carinho
Sei que enquanto estive aqui, Eu nunca fiquei sozinha...

Embora não percebesse, Que algum dia fui amada
Nos meus olhos existia a tristeza depravada...

A vida me trouxe ganho, mas não trouxe o que eu queria
Procurei felicidade, mas só achei fantasia...

Eu sonhei em ser princesa dos sonhos de um sonhador
Rainha ou mesmo uma musa no canto de um trovador...

Não fui nada interessante, tudo o que fiz não valeu
Nem mesmo por um instante a vida me convenceu...

Queria a felicidade, mas este não foi meu destino
Comecei do jeito errado e me perdi no caminho...

Agora tento acertar, mas creio que agora é tarde
Não sei por onde começar a procurar felicidade...

Eu me pergunto às vezes se a felicidade existe
Eu encontrarei um dia só pra deixar de ser triste?

Sei que esta dentro de mim, eu sinto sua presença
Mas não consigo encontrá-la e a alma pede clemência...

Se alguém a encontrar perdida em algum caminho
Diga-lhe que estou a espera, ansiosa por carinho...

ORAÇÃO DA SERENIDADE


"Concedei-me, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar aquelas que posso e sabedoria para distinguir umas das outras".


Esta Oração me tem proporcionado uma nova vida.


1. ACEITAR AS COISAS QUE NÃO POSSO MODIFICAR:


São muitas as coisas que não posso modificar; o passado, o futuro e nem outras pessoas.


Preciso aceitar o fato de que posso ser atencioso e bondoso com meus familiares, porém não mais tempo do que se lhes esta reservado estar aqui na Terra. A perda de amigos deve ser aceita como se eles tivessem se mudado para muitas milhas de distância.


Eu não posso modificar as pessoas, elas continuarão fazendo as coisas à sua maneira, apesar de que eu tente dizer-lhes, muitas vezes, qual é a melhor forma...(A MINHA). A quem posso eu mudar? A MIM MESMO.


2. CORAGEM PARA MUDAR AQUELES QUE POSSO:


Isto é, mudar minha maneira de ser.


O Senhor! permita que eu mude os meus sentimentos em relação aos outros. Ao invés de criticá-los, devo aceitá-los como eles são e estar interessado em seus problemas, ao invés de ignora-los. devo ser afetuoso com os outros, ao invés de mostrar-me frio e insensível.


Permita-me Senhor, que eu mude minhas emoções, colocando esperança, amor, coragem, paz e alegria em minha vida, em lugar de amargura, temor, desgosto, ódio e ressentimento. Todas estas coisas eu posso modificar, se for suficientemente inteligente para reconhecer a necessidade de fazê-lo.


3. SABEDORIA PARA DISTINGUIR UMAS DAS OUTRAS:


Se vejo coisas de que não gosto, é hora, é hora de examinar a MIM MESMO: minhas atitudes, minhas reações e reconhecer se necessito mudar algumas delas.


Examinaremos uma vez, outra e mais outras, antes de criticar os outros. Compreendo que minha vida está intimamente ligada a outras vidas, mas estou tendo sabedoria suficiente para entender que não posso mudar os outros, mas posso mudar, minha maneira de pensar, atuar e reagir. Então, a resposta à minha Oração é DEVO E POSSO MUDAR SOMENTE A MIM MESMO.


Retirado do blog:
http://gabiparavoce.blogspot.com/

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Acredite sempre no melhor para sua vida!



Não sofra com o que pensam ou falam de você porque isso de nada irá acrescentará na sua vida.
Não absorva o ódio alheio, pois somente te fará mal esse sentimento cruel.
Não se entusiasme demais com novas amizades procure conservar as antigas e fique sempre em sentinela...
Não acredite em elogios exagerados pois a verdade disso é a mínima possível...
Não corra atrás de quem não te dá valor, valorize quem está ao seu lado...
Procure dar mais valor ao "não" do que ao "sim".
Acredite que tudo o que vem fácil até você vai embora rápido demais.
Confie sempre na sabedoria de quem já viveu mais que você porque com certeza aprenderás muito com isso.
Cuidado para não cair nas armadilhas da vida, muitas vezes o bonito lhe parece, mas não é na casca que está a sua essência.
Aprenda com seus erros e não se martirize com a traição, muitas vezes é por aí que a felicidade entrará na sua vida.
Aprenda que a solidão não existe para quem acredita em si e em Deus!

Maura Theobald


quarta-feira, 3 de agosto de 2011

VOE TRAVEL


Foto em Nova Petrópolis/EXPOTURSUL 2011


Viaje com Voe Travel e conheça Argentina,Uruguai,Chile e Brasil.

Confira pacotes especiais no site:

www.voetravel.com.br

terça-feira, 2 de agosto de 2011

HOTEL SKY - Perceverança, Visão Empreendedora, Trabalho e Dedicação.

Sou natural de Linha Brasil, interior de Nova Petrópolis/RS e me mudei para Gramado/RS em 1975, quando passei a trabalhar em um dos hotéis de qualificação da cidade. A perseverança me fez galgar pelos principais cargos da empresa, mas a visão empreendedora fez com que eu adquirisse a Tecelagem SKY, empresa que passou a ser comandada por minha esposa NAIR KRAUSPENHAR. Por algum tempo, mantive o emprego na hotelaria, paralelamente à tecelagem.
Em 2001 decidi sonhar mais alto. Ao lado da tecelagem construí um hotel que recebeu o nome do primeiro empreendimento da família: HOTEL SKY. Foi uma aposta no turismo, que uniu minha vocação empreendedora com o conhecimento que tinha no ramo de hotelaria. A inauguração ocorreu em julho de 2001 e em 2011 o Hotel SKY completa 10 anos de sucesso.
Agora, passados 10 anos, fiz uma nova aposta no turismo da região das hortênsias, completando três prédios, aumentando em 60% a capacidade de leitos, sempre mantendo o compromisso original de oferecer um atendimento familiar, serviços de qualidade e valorização dos colaboradores.
A família ainda guarda todo o maquinário da tecelagem. Sonhamos em criar um museu para que a cidade e os turistas possam conhecer esta arte em tear, que foi uma das primeiras a serem incentivadas na cidade. Os teares são do século XVIII. Esta arte passou por mãos habilidosas de artesãs como dona ELISABETH ROSENFELD, definida como a mãe do artesanato de Gramado/RS.
Hoje a equipe do hotel atua na qualificação, tratamento com dignidade, atenção, atitudes sérias e reputação pessoal para com o ambiente e confiança daqueles com que convivem. Grande parte do sucesso e do progresso deve-se a coragem e preparo em enfrentar desafios, atitudes e ações de envolvimento com a sociedade brasileira e exterior, para ter um bom desempenho na divulgação da empresa.
Dentro do hotel, primeiramente a visão empreendedora, a capacidade de trabalho e as melhores condições possíveis dos funcionários em grupo. Tenho conseguido com trabalho e dedicação, sucesso em fazer o hotel crescer, com profissionalismo e sintonia junto à cidade que se tornou referência internacional.
Temos propostas para ampliar o HOTEL SKY em 2012 em mais um bloco. O governo federal está analisando condições financeiras. Temos credibilidade, respeito do setor hoteleiro e satisfação de clientes consumidores do hotel. O termômetro está em alta para novos negócios.
O sucesso não vem do futuro, nem de hoje, já nasceu ontem, só temos que realizá-lo. Sou empreendedor e desafio a mim mesmo pelas metas alcançadas. Meu sonho é que meus filhos continuem e sejam bem sucedidos.
Tenho que agradecer, principalmente ao meu filho ARLEI, que assumiu todo o setor de reservas do hotel e apoiando a administração do mesmo. Agradeço também a todos os funcionários, amigos e a comunidade que fez muito em prol da serra gaúcha.
Hotel Sky
Av. das Hortênsias, 680 – Gramado/RS



Fone/ Fax: (54) 3286 4716/ 3295 1830/ 3295 1831



Site: http://www.hotelsky.com.br/

E-mail: hotelsky@portalserragaucha.com.br

TUDO PASSARÁ - CHICO XAVIER


Todas as coisas, na Terra, passam…
Os dias de dificuldades, passarão…
Passarão também os dias de amargura e solidão…
As dores e as lágrimas passarão.
As frustrações que nos fazem chorar, um dia passarão.
A saudade do ser querido que está longe, passará.
Dias de tristeza… Dias de felicidade…
São lições necessárias que, na Terra, passam, deixando no espírito imortal as experiências acumuladas.
Se hoje, para nós, é um desses dias repletos de amargura, paremos um instante.
Elevemos o pensamento ao alto, e busquemos a voz suave da Mãe amorosa a nos dizer carinhosamente:
”Isso também passará… “
E guardemos a certeza, pelas próprias dificuldades já superadas, que não há mal que dure para sempre.
O planeta Terra, semelhante a enorme embarcação, às vezes parece que vai soçobrar diante das turbulências de gigantescas ondas.
Mas isso também passará, porque Jesus está no leme dessa Nau, e segue com o olhar sereno de quem guarda a certeza de que a agitação faz parte do roteiro evolutivo da humanidade, e que um dia também passará…
Assim, façamos a nossa parte o melhor que pudermos, sem esmorecimento, e confiemos em Deus, aproveitando cada segundo, cada minuto que, por certo….também passarão.
Emmanuel

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK