.

.
.

MEUS SEGUIDORES

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

MEUS DESEJOS...

                                    (Eu em 1997 datilografando meu livro que virou cinzas...)

Estranha dor que sinto...
Uma dor por ter deixado tantas vezes a minha vida passar em vão.
Tanto que eu quis, sonhei, desejei  mas por obedecer regras e normas de muitos sonhos me privei...
Aqui diante a tela do computador encontro a maneira mais amena de expressar minhas dores...
Meus desamores...
Enquanto minha árvore crescia cortavam meus galhos... minhas folhas...
Não deixaram a flor se abrir... brilhar e perfumar os meus dias...
Cada broto que a árvore produzia, era cortada e jogada fora.
Tive um livro pronto para publicar
Mas por maldade, ciúme e sentimento de posse
Foi destruído pelo fogo e transformado em cinzas...
Datilografei página por página com uma máquina olivetti na varanda da minha casa
para não perturbar o sono de quem se sentia incomodado com o barulho que as teclas faziam...
Foram tantas noites de solidão e despero solitário...
Tantos dos meus sonhos foram transformados em cinza e jogados ao vento...
Eu não tinha vez; nem voz...
Passaram-se tantos anos e hoje meu coração chora
Chora pela falta de compreensão
Chora pela falta de carinho
Chora por estar entre tanta gente e ao mesmo tempo tão sozinha...
Hoje me sinto triste e deprimida
Sem vontade nem ao menos de rezar...
Esquecida  vago entre os meus pensamentos como uma fantasma viva...
Quero de volta o sol batendo a minha janela
O frescor da chuva acariciando a minha pele
Quero apenas um abraço
Um carinho...
Quero me sentir amada, desejada...
Eu quero VOCÊ!
                                                
Dia: 28/09/2011              16h:25min                                                      

3 comentários:

Julia disse...

Hola Maura!!!!

Beso grandote y mis mejores deseos con el nuevo blog.

Quisiera escribirte a alguna dirección de mail que me puedas dar, necesito contarte algo.

Espero me escribas y así poder hacerlo.

Mi mail es:

laventanaindiscretadejulia@hotmail.com

Anonymous disse...

Olá Maura!!!

Sinto muito por voce ter perdido seus amigos blogueiros, mas acredito que conseguirás recuperar cada um deles...

Amo suas poesias...muito!!!

Sucesso em seu novo blog minha loira linda!!!

Beijos,

Rodrigo - RS

Excluido disse...

Nossa!!! Que lindo poema...

Adorei!!

Seu blog é muito lindo!!!

Bjs!!

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

MINHA MÃE

MINHA MÃE
Maria Biesek Milcharek

MEU PAI

MEU PAI
Wladislau Milcharek

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

AVÓ MATERNA

AVÓ MATERNA
Genovefa Novakowski Biesek

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK