.

.
.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Corações...

Para cada canção um coração

Para cada coração uma canção...

Olhar, tato, pensamento

Para cada minuto o momento

De amor, traição, tormento

Na vida o plural ou singular

Nem sempre o singular significa traição

Pode significar carência, solidão, desamor...

Como o plural significa amor, compreensão

Carinho, afeto, paixão.

Como diz Shakespeare

“Ser ou não ser

Eis a questão”.


Autora: Maura Theobald

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

A Lua e eu...

Em cada lua cheia eu vejo você
Eu sinto você
Eu tenho você...
Como posso esquecer desse amor que me enlouquece
Que me faz feliz a cada amanhecer
A cada anoitecer...
Seu corpo está lá
Mas eu estou aqui com você a cada momento que adormeço
Somente ela que secretamente me ouve e me compreende...
A cada fase que se completa vem me ver
Comigo está a cada anoitecer! 

Autoria: Maura Theobald

sábado, 22 de outubro de 2011

Charles Dickens - Citações



 


• Ninguém é grande nem pequeno neste mundo pela vida que leva, pomposa ou obscura. A categoria em que temos de classificar a importância dos homens deduz-se do valor dos atos que eles praticam, das ideias que difundem e dos sentimentos que comunicam aos seus semelhantes.



• Não devemos ter vergonha das nossas lágrimas. Elas são com a chuva que lava a poeira dos nossos corações.



• Ninguém pode achar que falhou a sua missão neste mundo, se aliviou o fardo de outra pessoa.



• Há três espécies de mulheres neste mundo: a mulher que se admira, a mulher que se deseja e a mulher que se ama. A beleza, o espírito, a graça, os dotes da alma e do corpo geram a admiração. Certas formas, certo ar voluptuoso, criam o desejo. O que produz o amor, não se sabe; é tudo isto às vezes; é mais do que isto, não é nada disto. Não sei o que é; mas sei que se pode admirar uma mulher sem a desejar, que se pode desejar sem a amar.



• A mulher é o negro do mundo. A mulher é a escrava dos escravos. Se ela tenta ser livre, tu dizes que ela não te ama. Se ela pensa, tu dizes que ela quer ser homem.




(Charles Dickens)

O amor dos meus sonhos...

Minha vida
Meu sonhos
Minhas alegrias
Meu prazer
Se resume em Poesias...
Minha vida real é aqui
Entre o toque dos meus dedos
Meu coração chora e ri
E atraves das letras eu chamo por ti...
Será que consegues me compreender
Será que consegues sentir o quanto eu te amo
O quanto eu te desejo
O quanto eu te quero
E tanto clamo por ti?
As vezes sinto seu cheio
Seu corpo
Suas mãos carinhosamente afagando minha face...
Sinto você enlouquecido cheirando meu cabelo e fazendo amor comigo...
Rolo na cama e sinto que está aqui junto a mim
Quantas noites sonho contigo
Te desejando...
Te querendo...
Mas sei que lá estás nos braços de outra
Dando a ela o amor que poderia ser meu...

Autora: Maura Theobald 

Você em mim; eu em você...

Você brinca de esconde-esconde comigo
E assim a vida segue seu curso...
Você lá distante
e eu aqui tentando compreender os designios dos desencontros...
Você veio
Eu não fui
Você está lá
E eu estou aqui...
Quem pode explicar tal confusão?
Você diz que não quer
Eu digo que não posso
Você está aqui comigo
E eu sinto que estou lá com você...
Como entender?

Autora: Maura Theobald

Clica na imagem e me conheça um pouco mais...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

PAULO COELHO



Os homens têm medo de realizar seus maiores sonhos porque acham que não o merecem, ou não vão conseguir!
Mas o medo não é uma coisa concreta. Ele está em seus corações!!
Os corações morrem de medo só de pensar em amores que partiram para sempre…
 Em momentos que poderiam ter sido bons e não foram…
Quando isso acontece, acabamos sofrendo muito e o coração tem medo de sofrer.
Mas o medo é pior que o próprio sofrimento.
Nenhum coração jamais sofreu quando foi em busca de seus sonhos, porque cada momento de busca é um momento de vida, de energia, de encontro com Deus e com a eternidade.
Então… Ouça seu coração!
Ninguém consegue fugir dele.
Por isso, é melhor escutar o que ele fala para que não venha um golpe que você não espera, porque você jamais vai conseguir mantê-lo calado.
Mesmo que finja não escutar o que ele diz, ele estará dentro do seu peito, repetindo o que pensa sobre a vida e o mundo…
O dia inteiro…
O tempo todo…
Ainda bem!
Por isso, ouça o seu coração!

Autor: Paulo Coelho




Photo Cube

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Montagens e Molduras para Fotos

Montagens e Molduras para Fotos

Meu Corpo Clama por Ti...

Imagem do Google
Os portais do meu corpo estão abertos
Buscam por ti
Suspiram por ti
Clamam por ti...
Quem me dera ver você chegar
De braços abertos
Meu corpo abraçar
E entre encontros e desencontros
Enfim podermos nos amar...
Ah...
Se eu fosse tão boa no amor
Como eu sou em matéria de poetizar
Essa é uma das razões que me confortam
Porque somente um bom poeta é aquele que conhece a dor de um grande amor...
Esse Poeta eu sei que sou!
E o amor?
Não sei...
Acho que nunca o terei...

Autora: Maura Theobald

Um adeus sem despedidas...


... e mais uma vez procuro dentro de mim motivos para me distanciar de ti!
Não quero
Não posso te querer...
Nas curvas do meu ser você baila dentro de mim
Dança na luz do luar
e como pirilampos ilumina minhas noites na escuridão...
Me sinto como uma loba que vive na noite
Tendo como companhia apenas a solidão...
Quem me dera poder ser sua
Sem amarras
Sem falsas ilusões...
Imagino-te nos braços de outra
Dando a ela o amor que poderia ser meu...
Como poderia me iludir com uma história que não passa
de frases escritas em uma poesia?
Ah!!!
Seria eu assim tão ingenua?
Sei muito bem como o mundo funciona
Como é o amor
Como é o sexo!
Deleito em meus devaneios
Vasculhando os enigmas que pairam em meu pensamento...
Acredito que sabes que é pra ti que escrevo
Não mais com letras para idenfificar-te!
Parto agora
Sem despedidas...
Não quero mais!
Essa situação não me faz bem...
Estarei sempre aqui
Em sentinela
Fiel a minha sensibilidade,
E ao amor eterno
que  vive dentro de mim:
A Poesia!!!.


Autora: Maura Theobald

terça-feira, 18 de outubro de 2011

SONHANDO COM ANJOS


Hoje avistei ao longe um anjo que me observava...
Triste e solitário caminhava entre as colunas do meu pensamento
Colunas feitas de concreto, areia e cimento.
Seus olhos brilhavam como se quisessem falar-me.
Seu sorriso misturava-se ao vento que fazia meus cabelos balançar...
Seus lábios sussurravam frases de amor,
Palavras de paixão...
 Aproximou-se de mim com seus braços fortes
Abraçando meu corpo numa volúpia ardente...
Aqueceu minha boca com um beijo quente
Afagou minha face carinhosamente...
Senti o calor de sua respiração  falando-me ofegante ao ouvido com voz latejante
 Dizia-me o quanto era grande o desejo de ter-me em seus braços...
Com uma batida forte do vento em minha janela acordei,
sentindo o calor do beijo que se perdeu naquele instante de ternura que pairava no ar...
                                                                     Autora: Maura Theobald

domingo, 16 de outubro de 2011

O silêncio fala por mim e mais uma vez  te busco dentro do meus pensamentos...
Os teclados tornam-se a música que meus dedos compõe mais um poema que escrevo pra ti...
Sinto que está lá no outro lado, se me espera; não sei...
Quem sabe já tens outro alguém que embala seus pensamentos...
Os mesmos que um dia foram meus pelo menos por alguns instantes...
                            
Autora: Maura Theobald                                                  
POSSO ATÉ SER CONFUSA E SEM ATITUDE MAS NÃO SOU MULHER  DE INFERNIZAR A VIDA DE UM HOMEM COMO A MAIORIA FAZ!

sábado, 15 de outubro de 2011

Como loba no cio

A noite chega e com ela a tua imagem  que reflete diante dos meus olhos...
Seu sorriso
Seu jeito de menino invade toda a minha sensibilidade e mais uma vez eu volto escrever para você...
Ao som dos meus pensamentos navego solitária a sua procura...
Meus dedos teimam em te procurar
E eu como uma loba no cio te busco aqui no infinito das letras que transformo em versos
para te dizer o quanto meu amor clama por ti...
Se não te vejo hoje
Sinto que pode ser amanhã
Mas se não for amanhã
Te verei ainda hoje na intimidade secreta dos meus sonhos...

Autora: Maura Theobald

Minha Família X Música & Poesia

A Música e a Poesia é um Dom maravilhoso da minha família.
Meu avô Jacob Biesek tocava Clarinete, minha avó Genovefa Novakowski Biesek tocava Gaita de boca, Meu tio avô João Biesek tocava Violino, O Tio Nico toca Gaita (sanfona), meu filho Thiago toca Guitarra, Violão, Piano e Violoncello e minha filha Fátima escreve Poesias.

Sou feliz por fazer parte dessa família que tem amor pela Arte da Música e da Poesia!

O Vídeo abaixo é meu tio tocando sua Gaita e cantando...

(Maura Theobald)

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Nico Biesek

Sou assim; e daí?


Eu não te magoei
Muito menos te descartei
Não sou esse tipo de pessoa que conquisto e jogo fora
Não sou leão ferido
que se esconde por trás de um destilado fino...
Sou mulher guerreira
Batalhadora e ferida
Mas nem por isso
uso do carinho
da ternura
de quem me oferece flores...
Cadê elas?
Perdeu-as no caminho?
Teu pensamento chega rápido a minha compreensão
compreendo muito bem
quando me deixam falando sozinha
sempre leio com atenção
o que está escrito "entre linhas"...
Viva em paz em seu "mundo"
Porque do meu
Quem cuida sou eu!



Eu não existo sem você!

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você...

Vinícius de Moraes

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Não acredite nas coisas fáceis que chegam até você...
Não acredite em "fatos" contados por pessoas em efeito de destilado em seu cérebro.
Muitas histórias tristes são criadas de fantasias interior para sensibilizar e encantar pessoas de bom coração.
O mundo está cheio de falsos amores na busca de preencher suas  carencias e solidão...
Não te iludas com presentes
Não queira para ti amor comprado
Não caia em promessas
Não te deixes enganar por falsas ilusões
O mundo está cheio de astúcia
Cuide de si mesma e siga adiante para não tropeçar
Para não cair...
Lembre-se que se caires são poucos os que estenderão a mão para te levantar!

                                                          Autora: Maura Theobald

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

JESUS SORRINDO


O artista deste quadro mora na Florida, ele pinta quadros enormes (do tamanho de uma porta) em 30-45 minutos.
O artista prefere permanecer anônimo e diz que quer que as obras falem por si mesmas.
Observe com cuidado e veja que as obras foram assinadas 'Jesus Painter' (Jesus Pintor)...
Na gravura abaixo, a tradução é:

"Eu sou a Luz, quem me segue nunca está na escuridão.

Eu te amo, Jesus Cristo!!!"




Que bom ver Jesus de um modo diferente, que não aquela imagem sofrível que sempre vemos, principalmente nos templos religiosos, Ele pendurado numa cruz. JESUS  ESTÁ  ENTRE  NÓS  E  NÃO  MAIS  CRUCIFICADO.

sábado, 8 de outubro de 2011

MÁRIO QUINTANA



Não queira compreender um Poeta...
Você já não se deu conta que todos poetas vivem solitários e acabam seus dias sozinhos envolvidos em suas Utopias?
Eu não sou diferente dos demais...
Minha inspiração e meu grande mestre sempre foi Mário Quintana o qual conheci em 1992 e dali por diante nunca mais parei de escrever poemas...
Numa linda tarde em Porto Alegre na rua da praia conheci meu mestre o qual me encantou.
Dele me aproximei e com uma alegria indiscritível eu lhe disse:

EU AMO A POESIA!

Ele com um olhar sereno e angelical afagou minha face e respondeu:

VOCÊ É A POESIA...

Isso eu nunca mais esqueci e dali por diante tudo mudou na minha vida.
Em 05 de maio de 1994 quando soube da sua morte meu coração estremeceu...
Era noite, sai lá fora e contemplando o brilho das estrelas pedi:
Vá em Paz meu mestre, meu amigo, mas deixe para mim um pouquinho da sua veia poética...
Em dezembro do mesmo ano publiquei meu 1º livro de poesias: Vidas em Versos e  depois disso nunca mais parei...
Hoje eu sou mais uma entre essa multidão de loucos sonhadores que afogam suas dores entre letras, frases, versos, rimas, parágrafos e estrofes...
Não queira me compreender porque o amor que eu busco você até quem sabe poderá me dar por alguns instantes mas não vai passar disso...
Com o passar do tempo você vai se cansar porque ninguém consegue compreender um Poeta!

           (Maura Theobald) 

CAÍQUE DE SONHOS

João Sampaio um ícone Riograndense!

Minha homenagem a esse querido amigo poeta João Sampaio. Fazer parte do seu mundo poético para mim é um grande previlégio.

Conheça suas obras:



CD autografado!

" A minha querida amiga poeta Maura
cruza de gringa e guarani
escuta com calma estes poemas
Que falam do meu Itaqui
E os leva em teu coração
Flor mimosa do Ijuí!"

18/Set/2011

João Sampaio
Esse irtercâmbio e essa troca de afetos é tão fascinante que sempre vale a pena vivê-la!
Para mim é uma honra ter sido uma das incentivadoras para a lançamento do seu 1º Livro de Poesias ( Copyright 2001). Hoje o poeta já coleciona 15 obras publicadas.
" Para a querida Poetisa Maura - Caíque dos Sonhos - que um dia ancorou no porto encantado do meu coração".
Um grande e carinhoso beijo do João Sampaio.
30/Março/2002

'CAÍQUE DE SONHOS"

Como eu queria
Transplantar a minha mágoa
Para uma humilde poça d’agua
Onde a lua vem se apear.
Bombeio longe
E nos meus sonhos supremos
vejo um caíque sem remos
No rio desse teu olhar...

Eu canto e sonho
Com um jeito de menino
Que embretou o seu destino
Nalgum potreiro da infância.
Por isso, as vezes,
Minha alma bugra entra em cio
E vira canção de rio
Sonorizando a distância.

Sou rio tranqüilo:
Estrada...Caminhos...Rastros,
Do lume eterno dos astros
Na quincha da madrugada
Isco meus sonhos
No clarão do amanhecer
E jamais hei de correr
Atrás de estrela apagada.

Por isso, linda,
Quando a noite cai em mim
Se acende lá no confim
Uma nova estrela a brilhar
E o rio que corre
Nos teus olhos...Ave matreira
Se transforma em cachoeira
E faz o caíque virar...

(Obrigada por ter sido sua inspiração a este belíssimo Poema)
Maura Theoabld

PROGRAMAÇÃO Miss Turismo 2012


Programação  Miss Turismo RS e Miss Conesul 2012.


TODO  o Evento será no Dall’Onder Grande Hotel  Rua Enry Hugo Dreher, 197 Bairro Planalto Fone/Fax: (0xx) 54 3455.3555


Dia 02 de dezembro 2011 - Sexta-Feira
Das 9:00 as 12 horas –  Recepção das Candidatas no
                     Dall’Onder Grande Hotel              
                 -  Credenciamento na Secretaria no
                     Salão PINOT
A partir das 12:00 horas - Hospedagem no Dall’Onder Grande Hotel              
                   - Almoço Livre
13:00 horas   - Reunião
14:00 horas   -  Saída Passeio Turístico -visita ao
                      Roteiro Caminhos de Pedra

15:30 horas     - Ensaio das Candidatas
                     - Reunião com acompanhantes
                     - Produção visual.
20;30 horas     - Jantar com apresentação das   candidatas no Salão Sauvignon
          

Dia 03 de dezembro 2011 – Sábado



                   - Café da manhã.
  8:
30 h           -  Entrevista com jurados
                       -  Ensaio geral no Salão de Eventos
 11:30 horas     -  Carreata  Saída do Hotel
 13:20 horas     -  Almoço –  Sabor do Vale Restaurante
                          
no Parque da Fenavinho
     -  Produção Visual
17 horas          - Coletiva de Imprensa  e Coquetel no Salão  
                        Chardonay
 18 horas        - Início do Desfile Final  Após terá serviço de alimentação nas dependências do Hotel
                       - Festa das Misses
           

Dia 04 de dezembro 2011 – Domingo


Até as 10:30 horas  - Café da manhã                           
            -  Entrega das fotos do concurso 
               na 
Secretaria do Evento
               Saída do Hotel até as 14 horas .


INSCRIÇÕES:



http://www.missturismo.com.br/


COTRIJUI

Ontem dia 07 de outubro 2011 aconteceu a inauguração de mais uma filial da COTRIJUI.
Parabéns a empresa pois trouxe a nossa cidade mais de 100 empregos pricipalmente aos nossos jovens que concluem o Ensino Médio e sonham em cursar uma Faculdade.
Sucesso aos empreendedores!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

CHICO'S LANCHE

Ví a camiseta eu uso em sua homenagem tu sabe que eu te amo!!!

Amigos são assim mesmos...
Carinhosos, solidário, parceiros!
A Márcia só tomou agua mineral com gelo e limão, mas eu afoguei minhas magoas..
Sabia que poeta também sofre!
Que ama?
Que não é compreendido e que afoga suas dores num trago?
Eu sou assim:
Louca!
Louca por amar demais....
Louca por não ser compreendida!
E como diz a música:

// : "Eu bebo sim
Estou vivendo
Tem gente que não bébe e está morrendo
Eu bem sim!!!"  ://

Como prometi estou postando para a turma do Chico's lanches!
Amo vcs!!!!
(Sextaneja)


Hoje amanheci pensando em você e revivi toda a emoção que um dia vivi ao seu lado...
Podem se passar mil anos
Podemos nunca mais nos ver
Mas meu coração será seu para sempre...
Sei que felicidade eterna não existe
Conheci tão pouco da felicidade
Momentos únicos que vivi com você
e me senti mulher por inteiro...
Nosso encontro nunca mais será esquecido e vou guardar comigo cada segundo que um dia a vida me deu de presente ao seu lado...
Sua gentileza, seu carinho, seu amor, sua maneira de cuidar de uma mulher são atitudes de um verdadeiro HOMEM...
Hoje me sinto perdida...
Sofro por ter medo de te perder mais uma vez...

                                                                                                     A.B


quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Amo você...


...                                                                                                         A.B

FALSO BRILHANTE


Há o condicionamento de que amor mesmo, de verdade, é gastar metade do salário para a esquadrilha da fumaça assinar o nome da namorada pelos céus de Porto Alegre.

Temos uma noção de que amor mesmo, de verdade, é exibicionista. Depende de surpresas públicas de afeto como serenata na janela, carro de som, anúncios na TV, outdoors com pedido de casamento.

Mulheres e homens se desesperam por um amor público, encantado, de estádio cheio, e cobram provas mirabolantes de seus parceiros. Reclamam da rotina, da previsibilidade, e exigem declarações barulhentas para despertar a inveja do próximo.

O amor espalhafatoso recebe a fama, mas o amor contido é o mais profundo.

Ao procurar o amor empresarial, desprezamos o amor funcionário público, que atende às ligações e escreve nossos memorandos.

Ao perseguir o amor de cinema, desdenhamos o amor de teatro, de quem encena a peça todo dia ao nosso lado, sempre com uma interpretação nova a partir das falas iguais.

Ao cobiçar o amor sensual de lareira e restaurante, apagamos a delícia de comer direto nas panelas, sem pratos, sem medo do garçom.

Ao perseguir a aventura, negamos a permanência.

Preocupados em ser reconhecidos mais do que amar, esquecemos a verdade pessoal e despojada do nosso relacionamento. Recusamos o amor constante, o amor cúmplice.

Não valorizamos a passionalidade silenciosa, a passionalidade humilde, a passionalidade generosa, a passionalidade tímida, a passionalidade artesanal.

O passional pode ser discreto na aparência e prático na ternura.

O amor mais contundente é o que não precisa ser visto para existir. E continuará sendo feito apesar de não ser reparado.

O amor real é secreto. É conservar um pouco de amor platônico dentro do amor correspondido. É reservar as gavetas do armário mais acessíveis para as roupas dela, é deixar que sua mulher tome a última fatia da pizza que você mais gosta, é separar as roupas de noite para não acordá-la de manhã. E nunca falar que isso aconteceu. E não jogar na cara qualquer ação. E não se vangloriar das próprias delicadezas.

Buscá-la no trabalho é o equivalente a oferecer um par de brilhantes. Esperá-la com comida pronta é o equivalente a acolhê-la com um buquê de rosas vermelhas.

São demonstrações sutis, que não dá para contar para os outros, mas que contam muito na hora de acordar para enfrentar a vida.
                                                                                        

(Fabrício Carpinejar)

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK