.

.
.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Lagrimas de chuva


... e a chuva cai
Fria, fina e transparente
Tal qual lágrimas de quem está sofrendo 
Lá fora o vento balança os galhos floridos
Na esperança de abraçar
Alguém que se foi...

Maura Theobald 
(Poesia vencedora de concurso a nível estadual em 1998)

Um comentário:

RH Dicas disse...

Oi, Maura, vc visitou meu blog Chuva e Poesia e vim retribuir. Aproveito pra levar seu poema pra ele, certo? Bjo, querida.

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK