.

.
.

MEUS SEGUIDORES

quarta-feira, 24 de outubro de 2007


Meus lábio dizem que não

Meus olhos dizem te amo

Minha voz murmura teu nome

Sozinha e calada te chamo...

A noite parece tão fria

As horas demoram passar

Me rolo sozinha na cama

Não quero em você mais pensar...

O amor parecia perfeito

Você no meu mundo surgiu

Mas como magia e encanto

Você simplesmente sumiu...

Agora te peço não venhas

Melhor é deixar tudo assim

Quem sabe essa dor

Essa angustia

É apenas o início do fim...

Um comentário:

Dayse Sene disse...

Uma decisão bem difícil de tomar.Mas acredito, se todos fôssemos tão fortes, quanto nossos sonhos, encontraríamos o amor verdadeiro. Pois amor que é amor, não faz sofrer.
Lindo post. Abraços.

POSTAGENS ANTIGAS

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK

Minha Mãe: MARIA BIESEK MILCHAREK
Amor para toda vida!!!

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô materno: JACOB BIESEK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avô Paterno: JACÓ MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK

Avó paterna: FELÍCIA MILCZAREK